Turismos Rurais e Hotéis

O pacato turismo rural com originais “casolas” brancas e uma piscina circular

O Monte das Casolas nasceu numa antiga exploração agrícola alentejana que estava abandonada há 40 anos.
Fica em Grândola.

Filha de pai francês e mãe portuguesa, Sophie Pinto Coelho viveu em Lisboa a vida toda, mas sempre teve uma ligação muito forte com o campo e o meio rural. Começou a montar a cavalo quando ainda era uma miúda e a paixão pelo mundo equestre levou-a a dar aulas de equitação. “Todos os fins de semana montava a cavalo e sempre estive em ambientes muito mais rurais do que urbanos”, conta à NiT a lisboeta de 53 anos.

Quando terminou o secundário, mudou-se temporariamente para França, onde tirou um curso de engenharia agronómica. Os anos seguintes foram passados a trabalhar em projetos relacionados com o meio ambiente, mas chegou uma altura em que decidiu “apostar as fichas todas” num negócio próprio — e ligeiramente diferente do que estava habituada.

“Sempre quis viver para o campo, identifico-me muito com o meio rural e achei que um projeto de turismo era mais seguro do que algo meramente agrícola”, explica. A vontade de avançar com um turismo rural levou-a, em 2017, a procurar terrenos perto de Lisboa, da praia e com bons acessos. Foi em Grândola que encontrou algo “que cumpria todos esses requisitos”, uma área com 22 hectares e a mais valia de estar próximo “das praias mais bonitas de Portugal”.

Tratava-se de uma antiga exploração agrícola que estava abandonada há 40 anos, com ruínas e um curral completamente destruído. Com o terreno escolhido, começou então “um longo processo de projetos de arquitetura e burocracia” até conseguir arrancar oficialmente com as obras. “Foi engraçado porque, durante o processo, descobrimos várias coisas interessantes, como uma horta que estava envolta em silvas e um tanque de rega escondido no meio da natureza”, conta.

Depois de várias “curvas e contracurvas”, o Monte das Casolas — nome pelo qual era conhecida a antiga exploração agrícola — abriu em soft opening no verão de 2023, com uma parte das casas modulares já prontas para receber hóspedes. Sophie espera já ter tudo terminado em maio.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por O Monte das Casolas (@omontedascasolas)

“O meu propósito sempre foi criar algo onde os hóspedes se pudessem reencontrar com a natureza, implantando casas com o mínimo impacto impossível”, adianta. Primeiro começou por reconstruir as ruínas, mantendo a sua estrutura tipicamente alentejana como o forno a lenha. O curral de animais, por sua vez, foi convertido em anexo. Deu o nome de Casas do Monte a estas duas unidades de alojamento, mas também são conhecidas como “casolas”, assim como as cinco casas modulares em madeira que se encontram dispersas pelo montado.

“Para evitar o impacto da construção, optei por uma casas de madeira pré-fabricadas, cada uma com 30 estacas. Estas construções foram implantadas no terreno sem interferir com as árvores existentes, sem alterações profundas na topografia e para usufruir da paisagem sem interferências”, diz.

Com cerca de 100 metros quadrados de área, cada casa dispõe de três suites, uma cozinha, sala e um deck privado. Todas elas são brancas precisamente para imitar as casas tipicamente alentejanas. Um dos destaques é a privacidade, uma vez que as cinco casas estão separadas e a única coisa que se avista é mesmo a paisagem. 

Já no exterior, os hóspedes podem aproveitar a piscina redonda que se encontra no meio do terreno, de uso comum, onde existe também uma zona de sombra grande. O antigo abrigo de animais foi transformado no Alpendre, uma zona comum onde são servidos os pequenos almoços (biológicos e saudáveis). O espaço pode receber ainda aulas de ioga e outras iniciativas sustentáveis e originais.

Apesar da sua paixão pelos cavalos, os únicos animais que se encontram no Monte das Casolas são os burros, “uns animais simpáticos que toda a gente gosta”.

Os preços rondam os 200€ e os 350€ por noite dependendo da época. As reservas podem ser feitas online.

Carregue na galeria para ver mais imagens.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Monte das Casolas,
    Mosqueirões, CCI 3153
    7570-336  Grândola
ESTILO
turismo rural
PREÇO MÉDIO
Mais de 200€
AMBIENTE
rural

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT