Turismos Rurais e Hotéis

A pequena e romântica casa rústica com vista sobre o Douro — que tem jacuzzi privado

A Wood House fica na aldeia de Raiva, em Castelo de Paiva, e tem vista privilegiada sobre o rio.
Tem vista para o rio.

Acordar e adormecer com o rio Douro como pano de fundo, sem poluição sonora e longe da confusão das grandes cidades é, para muitos, sinónimo de paraíso e descanso profundo. Ricardo Almeida, de 30 anos, sabe disso melhor do que ninguém.

Nascido e criado na aldeia de Raiva, em Castelo de Paiva, é um apaixonado eterno pela região que, já dizia Miguel Torga, é “um excesso de natureza”. Se na maioria dos casos o que é em excesso geralmente faz mal, o Douro vem contrariar essa afirmação. Tudo ali é especial, desde as vinhas e os socalcos, ao comboio histórico da linha do Tua e aos barcos de cruzeiros que sobem e descem o rio.

Quando o engenheiro mecânico, que trabalha atualmente como investidor no ramo imobiliário, decidiu que queria avançar com um projeto de turismo, a localização nunca foi uma dúvida. “Sou natural da aldeia de Raiva, um local com uma vista extraordinária para o rio. Queria investir na minha terra natal e juntou-se ali o útil ao agradável”, conta à NiT.

Conhece aquela zona como ninguém e, confessa, não foi difícil encontrar um terreno que se adequasse às suas expectativas. Apesar de deter imóveis que funcionam como alojamento local na cidade do Porto, aqui o objetivo era ligeiramente diferente.

Mais do que construir um refúgio mergulhado na natureza, queria “fazer algo diferenciado”, que se inserisse perfeitamente no “contexto mais rústico”. A solução? Uma pequena casa de madeira. “Agora veem-se muito as chamadas casas modulares, mas achei que não ia ter tanta piada. Queria um projeto mais rústico, que se enquadrasse na paisagem”, confessa.

No terreno, que funcionava apenas como um campo de cultivo, começou então a construir a casa, o jardim e os muros, com a ajuda de empreiteiros locais. O projeto começou a ser pensado em 2022, mas só no final de agosto do ano passado é que a Wood House Douro recebeu os primeiros hóspedes, depois de chegar ao Booking no início de maio.

Situada num ambiente completamente isolado, a encantadora casa de madeira oferece aos hóspedes privacidade total com “vistas deslumbrantes e paz absoluta”. Com 38 metros quadrados de área, o espaço com capacidade para quatro pessoas oferece um quarto, casa de banho, cozinha totalmente equipada e uma zona de lazer com sofá e móveis decorativos, tudo em open space. 

O destaque, contudo, é mesmo a varanda térrea com vista para a montanha, assim como as enormes janelas que permitem avistar o rio sem sair das quatro paredes de madeira. Quanto à decoração, confessa, optou por “algo mais minimalista”, privilegiando os “brancos, beges e cinzentos”.

É no jardim, com cerca de 200 metros quadrados, que fica o jacuzzi privativo, rodeado por “pequenos arbustos e plantas” trabalhados pelos jardineiros. No exterior há ainda uma zona de churrasqueira, onde se pode fazer refeições ao ar livre. No futuro, a ideia é fazer uma ligeira ampliação na própria casa e acrescentar uma piscina de água quente.

“O grande destaque desta casa é mesmo a vista espetacular para o rio e para a serra da Boneca. Além disso, fica completamente isolada, não temos vizinhos para nenhum dos lados, e fica relativamente perto dos famosos Passadiços do Paiva”, sublinha.

Quanto a outros projetos, Ricardo adianta que o objetivo é adquirir outros terrenos na mesma zona, na encosta do rio Douro, para avançar com outras casas, com um conceito ligeiramente diferente da Wood House.

Para já, pode ficar hospedado na casa de madeira desde 110€ por noite. As reservas podem ser feitas no Airbnb ou Booking.

Carregue na galeria para conhecer melhor este refúgio junto ao rio Douro.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Calçodeiro
    4550-620 Raiva Aveiro
ESTILO
alojamento local
PREÇO MÉDIO
Entre 100€ e 200€
AMBIENTE
serra

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT