Turismos rurais e hotéis

Six Senses quer continuar a abrir hotéis em Portugal

O grupo tailandês, que no verão de 2015 abriu o maravilhoso Six Senses Douro Valley, anunciou o plano de reforçar o investimento no País.

Está a olhar para o segundo melhor hotel do mundo.

Em Samodães, Viseu, o hotel Six Senses Douro Valley foi o primeiro hotel do grupo Six Senses em Portugal e na Europa. Os primeiros hóspedes chegaram a 15 de julho, e tiveram o privilégio de inaugurar 50 quartos e sete villas, um spa com 2.200 metros quadrados, uma piscina interior aquecida com jatos de água, dois restaurantes, dois bares e uma wine library com um menu de tapas.

Houve muita coisa para experimentar, portanto. O Six Senses Douro Valley afirmou-se como um dos espaços de referência em Portugal com várias distinções nacionais e internacionais, acabou de ficar em segundo lugar no ranking da Condé Nast Traveller do Melhor Hotel do Mundo. Enquanto ainda tentamos retomar o fôlego, chegam mais novidades: o grupo tailandês quer abrir mais espaços em Portugal.

Have you heard? Six Senses Douro Valley won the Favourite Overseas Holiday Hotel for Europe, Turkey & Russia award!!And…

Publicado por Six Senses Douro Valley em Terça-feira, 5 de Setembro de 2017

“Adoramos Portugal e queremos reforçar a nossa presença no país. Nesse sentido, estamos a pesquisar em zonas como Algarve, Comporta, Alentejo, Lisboa e Porto”, disse ao ECO o diretor-geral do Six Senses Douro Valley, Nick Yarnell. “Se tudo correr bem, lá para 2020 devemos ter mais um hotel em Portugal.”

Reforçando que as novas aberturas nunca irão acontecer antes de 2020, Nick Yarnell adiantou ainda: “Neste momento, estão em negociações para abrir uma unidade no Algarve, mas ainda não há nada de concreto.”

Certo é que o Six Senses Douro Valley vai crescer.

“Vamos continuar a investir no nosso hotel. Temos em vista um plano de expansão que visa aumentar o número de quartos (mais dez) e ainda de construir 14 apartamentos para vender”, disse à publicação.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT