Turismos Rurais e Hotéis

Solar Alvura: o novo hotel de luxo do Algarve não serve bebidas alcóolicas

A inauguração vai ser no dia 22 de junho. Os hóspedes podem escolher um dos três planos alimentares disponíveis.
Um conceito único e inovador.

Ir de férias não significa deixar para trás a dieta e o treino. O Solar Alvura Health Hotel, a nova unidade hoteleira do Algarve, que abre aos hóspedes no dia 22 de junho, pretende provar isso mesmo. Até porque tem como mote a combinação de férias e saúde, com o foco na perda de peso e no bem-estar.

A ideia de abrir um hotel com um conceito completamente diferente do que existe no resto do País nasceu na cabeça de Eva Orsmond, uma médica finlandesa que encontrou no Algarve o refúgio perfeito para dar vida a este projeto de vida. Mãe de três filhos, Eva nasceu na Finlândia e morou na Irlanda durante 22 anos. Quando terminou o mestrado na área da saúde pública, numa universidade na Suécia, começou a interessar-se pela questão da obesidade. 

“Disseram que a obesidade era a nova pandemia. Quando estava na Irlanda percebi que não só as pessoas estavam acima do peso, como os médicos e enfermeiras também. Precisávamos de mudar isso. Foi assim que decidi fazer um estudo sobre a atitude deles e o seu estilo de vida”, explica à NiT esta finlandesa que diz que sente que tem 42 anos — mas se recusa a revelar a idade real.

Atualmente, tem duas clínicas na Irlanda, uma em Dublin e outra em Galway, especializadas na perda de peso e tratamento para a reversão da diabetes tipo 2. Pelo meio, escreveu um best-seller sobre o tema, o “Dr. Eva’s Reverse Your Diabetes” e esteve envolvida num programa de televisão durante seis anos chamado “Operation Transformation”, onde ajudavam pessoas a perder peso.

Apesar de todas estas conquistas, Eva continuava a ter um sonho por concretizar: “Abrir um centro dedicado para pessoas que querem perder peso e ser saudáveis, um espaço dedicado apenas a esse lifestyle onde todos estão lá pelas mesmas razões”.

Sempre que ia de férias mantinha os olhos bem abertos à procura do local ideal para dar seguimento ao sonho, mas tudo o que encontrava era demasiado caro. Pelo menos foi assim até ao dia em que decidiu passar férias em Portugal, em 2017, para celebrar o aniversário da mãe, que tinha um apartamento em Vilamoura. 

“Lembro-me que era março e estava tempo de chuva, mas encontrei um sítio, um hotel que estava abandonado há cerca de 20 anos. Quando entrei, parecia uma floresta tropical, mas tinha uma energia e um charme incrível”, recorda. Disse ao agente que não precisava de procurar mais, porque tinha a certeza de que era ali que queria abrir o Solar Alvura Health Hotel.

Foram para casa, na Irlanda, no dia seguinte, mas regressaram três dias mais tarde para assinar o contrato. “Foram meses de inferno porque houve muitos problemas. Quase perdemos o depósito, mas queria tanto este espaço que senti que a minha vida dependia disso e lá conseguimos”, sublinha.

Quando Eva estava fora do país, eram os filhos que ficavam dentro do espaço para que este não fosse vandalizado. Entretanto, surgiu a pandemia, que atrasou ainda mais a finalização do projeto. “Foi um sonho e um pesadelo ao mesmo tempo. Agora sinto que sou a pessoa mais feliz do mundo”, diz a médica. 

As instalações da antiga propriedade, que estava completamente ao abandono, foram renovadas mas mantiveram a atmosfera da construção original, de 1868. “Como é possível observar pelo restauro de uma prensa de oliveiras apresentada no lobby, ao lado de um grande e vistoso piano”.

Prestes a abrir portas depois de cinco anos de altos e baixos, o Solar Alvura Health Hotel é um lugar para cuidar do corpo e da mente, que ajuda os hóspedes a adotarem novos hábitos para uma vida com mais qualidade. Localizado em Moncarapacho, a cerca de 25 minutos do aeroporto de Faro, a unidade tem mais de 42 mil metros quadrados e destaca-se pela experiência personalizada, que começa logo no momento da chegada.

Os hóspedes são avaliados diretamente pela médica finlandesa e, ao longo da estação, têm vários programas à disposição, como aulas de ioga e fitness, massagens, tratamentos de spa, passeios guiados pelos trilhos da região, workshops de cozinha saudável e introdução a atividade de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

Mais do que proporcionar o bem-estar durante a estadia, o principal objetivo é que os hóspedes consigam levar esse estilo de vida para todo o lado. Segundo a fundadora, “é para oferecer ferramentas de reeducação alimentar e de equilíbrio físico, mental e emocional para que os clientes possam aplicar nas suas rotinas diárias”. 

Em equipa, a proprietária desenhou três planos alimentares para diferentes tipos de hóspedes: manutenção de peso, perda progressiva de peso e perda de peso rápido. O período mínimo de estadia para o primeiro programa é de três dias, sendo que para os restantes é uma semana.

A médica finlandesa garante que não há restrições radicais e cada programa inclui pequeno-almoço, almoço, jantar, três snacks, chás e shots detox. Também há opções para celíacos, com adaptações glúten-free, vegetarianos e vegans. A grande particularidade do hotel é a ausência de bebidas alcóolicas, algo que não se verifica em muitos espaços do género. 

“Teremos momentos de descontração, com degustação de uma variedade de mocktails, mas todos sem álcool”, explica. A ideia é mostrar que não é preciso álcool para viver dias de diversão e relaxamento. 

Além dos 21 quartos, todos decorados de forma única e requintada, o hotel possui um spa com salas de massagem, um salão de beleza, uma piscina exterior, uma piscina marroquina, ginásio, tenda de ioga, um rooftop e varanda com uma vista para as áreas verdes.

Os valores variam de acordo com os programas, sendo que a estadia mínima é de três noites. O preço é de 550€ por noite para duas pessoas, portanto ficaria a 1650€ durante toda a estadia. As refeições, bebidas, atividades e o transfer que vai buscar os clientes ao aeroporto estão incluídas no preço. 

Os programas com estadia mínima de sete dias rondam os 1925€ por pessoa. No programa de perda de peso rápido, espera-se que os hóspedes percam entre dois a sete quilos, dependendo do peso inicial. Já no programa de perda progressiva de peso, os clientes podem perder entre meio quilo e dois quilos. 

De seguida, carregue na galeria para conhecer melhor o novo hotel de luxo do Algarve.

ver galeria

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Pes do Cerro, 223M
    8700-124 Moncarapacho
ESTILO
hotel
PREÇO MÉDIO
Mais de 200€
AMBIENTE
spa

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT