Turismos Rurais e Hotéis

Quinta da Pacheca: os barris de vinho para dormir no Douro têm reservas até 2023

Os Wine Barrels estão numa zona alta da herdade, com uma vista deslumbrante sobre as vinhas.
Uma maravilha.

São um verdadeiro caso de sucesso, mesmo em tempos de pandemia. Inaugurados em 2018, os Wine Barrels da Quinta da Pacheca — os incríveis e luxuosos alojamentos em forma de barril de vinho — estão a receber reservas até 2023. Algo um pouco inédito e inesperado, sobretudo numa altura mais difícil para o setor; e mesmo perante um caso de adesão e procura quase imediata desde a abertura, entre portugueses e estrangeiros.

A informação foi avançada à NiT por fonte do espaço que os aloja, a Quinta da Pacheca. Desde a sua inauguração que esta diferente proposta de estadia, que é a de dormir com conforto e comodidade num barril gigante, tem sido um verdadeiro “chamariz” de visitantes, não só à Quinta da Pacheca, como a esta região, diz-nos a mesma fonte.

No entanto, a procura não pára de subir. Além de haver já reservas para 2022 e 2023, há mesmo períodos completamente esgotados, no caso específico dos barris. Isso não quer dizer que seja impossível marcar uma data até lá: ainda encontra no site várias noites livres nos próximos meses/anos; começam é a ser cada vez mais raras.

Os Wine Barrels são um projeto da autoria do arquiteto Henrique Pinto e situam-se numa zona alta da propriedade, com uma vista deslumbrante sobre as vinhas.

Abriram na Quinta da Pacheca, que começou por ser uma produtora de vinhos do Douro e do Porto e um belíssimo espaço de enoturismo. É também uma das vinhas mais antigas que ainda está em funcionamento na região demarcada do Douro. Situada em Cambres, Alto Douro Vinhateiro, na região de Lamego, já existe como foco de enoturismo desde 1998.

Junto a ela, a funcionar desde 2008 como unidade hoteleira, surgiu o The Wine House Hotel, que junta alojamento à vertente de enoturismo, acrescenta-lhe vindimas e ainda história e natureza. O elegante hotel rural de quatro estrelas foi erguido numa casa típica do século XVIII e tem, na estrutura principal, 15 quartos equipados com mobiliário da época. No resto do espaço, os hóspedes têm acesso à cozinha gourmet que prepara refeições com produtos locais e com uma vista panorâmica sobre a paisagem envolvente. Também é possível provar e comprar o vinho produzido na Quinta da Pacheca.

Como se isto não bastasse, aos 15 quartos originais foram acrescentados, em julho de 2018, 10 barris de vinho: isso mesmo, os Pacheca Wine Barrels, um tipo de alojamento que, com meses de vida, venceu logo o Prémio de “Melhor Empreendimento Imobiliário”, do Salão Imobiliário de Lisboa, em outubro do mesmo ano. Claro que na verdade não são mesmo barris, são luxuosas suites de casal com 35 metros quadrados, uma clarabóia para ver as estrelas, um deck com vista sobre as vinhas e mobiliário a preceito.

Finalmente, em agosto de 2020, ano de pandemia, a unidade inaugurou mais 25 quartos, a maioria dos quais com vista privilegiada sobre o Douro. Esta nova ala do The Wine House Hotel da Quinta da Pacheca permitiu duplicar o número de camas da unidade hoteleira e é contígua ao edifício principal da quinta. A aposta feita foi num look mais contemporâneo sem desvirtuar a traça original.

Os quartos foram pensados não apenas para casais. Existem opções capazes de receber famílias inteiras, como forma de expandir os públicos de um espaço conhecido pelo enoturismo. 

Finalmente, em 2020, foi também inaugurado um elegante spa, equipado com circuito de águas, piscina interior, duche escocês e uma série de tratamentos terapêuticos e de bem-estar. E ainda colocada uma nova piscina exterior de 17 por 5 metros, para usar nos dias quentes de verão da região, com pausas para provar os vinhos da Pacheca servidos no bar de apoio.

Nesta unidade pode ainda fazer incursão pelo mundo da arte no ‘Ateliê d’Or’, com o artista residente Óscar Rodrigues, onde é possível desenvolver trabalhos na área da olaria, escultura ou pintura — e onde se destacam as winearellas, telas pintadas com vinho num dos espaços de turismo rurais mais bonitos do País.

A situação pandémica que se arrasta há meses tem inibido as pessoas de viajar, mas na Quinta da Pacheca estão, garante o espaço, asseguradas todas as medidas de segurança em termos de higienização de espaços e distanciamento físico, quer entre hóspedes, quer com o staff. Os preços dos Wine Barrels começam nos 250€, com pequeno/almoço incluído. 

De seguida, carregue na galeria para conhecer melhor a Quinta da Pacheca e as suas Wine Barrels.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT