Turismos Rurais e Hotéis

O novo hotel de Coimbra nasceu numa garagem — e ali dorme-se em caixas sem janelas

No Zero Box Lodge, o silêncio e a escuridão são absolutos. Tudo a pensar no seu conforto. Mas também é um espaço muito cool.
A partir de 45 euros por noite.

No coração da cidade de Coimbra e com o Mondego como cenário de fundo, nasceu em junho um novo espaço com um conceito moderno e diferenciador. Falamos do ZERO Box Lodge, um formato de alojamento onde os quartos são compartimentos de madeira simples e confortáveis, ainda que sem janelas. O design foi propositadamente pensado para o descanso total dos hóspedes, a qualquer hora do dia.

O projeto da autoria do arquiteto Gonçalo Queirós Carvalho transformou por completo uma antiga garagem, oficina e bomba de combustível num renovado alojamento urbano com restaurante e bar. Fica situado na avenida Emídio Navarro e a sua localização está integrada na área classificada pela Unesco como Património Mundial “Universidade de Coimbra, Alta e Sofia”.

A fachada e os traços arquitetónicos exteriores mantiveram-se, mas no interior foi criada uma zona de estadia com 44 boxes, empilhadas em três níveis. “A inspiração deriva dos hotéis cápsula japoneses e das camas fechadas do norte da Europa” conta Natália Silva, diretora-geral do alojamento de Coimbra.

Estas cápsulas evoluíram para espaços maiores, com camas de casal e casa de banho privativa, com o objetivo de garantir privacidade e conforto. Todas contam com um extra: raquetes de badminton, que pode comprar ou apenas alugar, para as usar no parque verde da cidade. O objetivo é o de “usufruir da natureza em comunhão”, revela a responsável.

“Costumo dizer que é um spa para dormir”, acrescenta. Este formato e experiência seguem uma “visão disruptiva, provocadora e divertida da habitual estadia num hotel”. Ou seja, falamos de “um turismo de experiência, sendo que o facto de não ter janelas, apesar de incomum, tem um propósito: descanso e tranquilidade total, sem luz direta, televisão ou telefone”, explica à NiT.

Espaço exterior.

O amplo e acolhedor espaço conta com uma decoração com elementos alusivos ao edifício original, como gasolineiras antigas e elementos artísticos, e revela uma “simbiose perfeita entre inspiração tropical e elementos contrastantes, como uma peça de um elefante vermelho, da autoria de Leonel Moura”.

BIXOS é o nome do bar e restaurante, situado no primeiro andar, cuja inspiração está não só nos contos de Miguel Torga, “Bichos”, como a designação de caloiro na gíria estudantil da cidade ter esta mesma denominação. Da ementa destaca-se um gin tónico ou “bixo tónico”, já que todas as semanas as combinações de sabores são novas.

Pode ainda contar com concertos e uma diversificada programação cultural neste novo spot que pretende ser um ponto de encontro e de lazer para quem vive na cidade (e não só). Este projeto pretende chegar tanto a um “público internacional, como relacionar-se com a comunidade local”, destaca Natália Silva.

Este novo conceito de hotelaria, que incorpora a modernização sem perder o património cultural e sem ameaçar a singularidade e o traço distintivo de cada cidade, foi criado pela Mainside, empresa responsável por projetos como LX Factory, Pensão Amor ou Rio Maravilha em Lisboa. 

O primeiro projeto ZERO Box Lodge foi inaugurado no Porto em 2018, no edifício da antiga Fábrica da Camisaria Confiança e de um Banco. E prevê-se a expansão do conceito para Lisboa.

Pode fazer reservas online, com valores a partir de 45 por noite.

Carregue na galeria para conhecer melhor este espaço.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT