Turismos Rurais e Hotéis

Apesar da insolvência, Zmar garante que vai reabrir ‘em breve’

O eco resort diz estar fechado devido à pandemia mas a preparar o regresso, independentemente da situação noticiada.
Zmar prepara-se para mais um desafio.

A notícia veio no fim de semana: o eco resort Zmar, na Zambujeira do Mar, depois de ter passado por tudo: crises, incêndios, pandemias, poderia estar em risco, devido à insolvência da sua entidade gestora.

Tal como o “Jornal de Negócios” avançou e a NiT noticiou, a Multiparques, dona do Zmar, o popular espaço da Costa Vicentina, foi declarada insolvente. Os credores, entre eles o Booking.com e o Novo Banco, têm até 12 de abril para reclamarem o dinheiro.

No entanto, a unidade inaugurada em junho de 2009 garante que vai reabrir “em breve”, “apesar da insolvência da Multiparques”. À NiT, o Zmar enviou uma declaração formal onde, sem adiantar data concreta para a reabertura ou detalhes sobre esta situação, garante no entanto que tudo vai continuar a correr como dantes.

“A insolvência da Multiparques A Céu Aberto S.A não irá prejudicar a actividade do Zmar. O Eco Resort encontra-se temporariamente encerrado devido às restrições no contexto da pandemia Covid-19. A reabertura do Zmar está prevista para breve, cumprindo com todas as normas de higiene e de segurança da DGS para receber os seus hóspedes nas habituais férias na Costa Vicentina”, diz fonte do eco resort.

A mesma acrescenta que, “no contexto atual apesar das dificuldades vamos reabrir e esperamos ter um verão com muitos clientes”.

Recorde-se de que o Zmar foi inaugurado em junho de 2009, numa área com 81 hectares, que inclui um eco hotel. Já ganhou diversos prémios, sobreviveu a um incêndio e estava num ótimo ritmo em 2020, até chegar a pandemia que obrigou a empresa a cancelar todas as reservas.

“Íamos lançados. Já tínhamos a Páscoa toda vendida, grupos vendidos, o verão a vender de vento em popa. Tivemos que fechar”, disse à NiT Francesca de Mello Breyner, responsável de marketing do projeto do pai, Francisco de Mello Breyner, numa entrevista em maio de 2020.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT