Viagens

21 corredores morreram de hipotermia durante uma prova de montanha na China

Foram apanhados por uma tempestade de granizo e não resistiram ao frio.
Terrível.

Era suposto ser uma prova normal, mas acabou em tragédia. Uma corrida de montanha, com 100 quilómetros, numa reserva natural perto da cidade de Baiyin, na província de Gansu, na China, que aconteceu este sábado, 22 de maio, acabou com a morte de 21 dos 172 participantes.

Os corredores foram apanhados por uma tempestade marcada pela queda de granizo, chuva gelada e vento forte. Acabaram por ficar sozinhos a meio do percurso durante algumas horas e acabaram por não resistir à hipotermia. 

Entre as vítimas estão duas figuras da maratona nacional chinesa, Liang Jing e Huang Guanjun. De acordo com os meios locais, citados pela “Lusa”, Liang tinha ganhado várias maratonas na China nos últimos anos. Já Huang, que era surdo e mudo, vencera a maratona masculina para deficientes auditivos nos Jogos Paraolímpicos Nacionais de 2019 em Tianjin.

Além dos participantes que morreram, mais 8 tiveram de ser transportados para o hospital, com ferimentos menores.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT