Viagens

Emirates operou o seu primeiro voo com equipas totalmente vacinadas

Se a esperança das viagens reside nas vacinas, algumas companhias querem dar o incentivo.
Para ajudar no regresso aos voos.

Se o futuro as viagens passará, ou não, por certificados de vacinação, passaportes sanitários e testes Covid, só o futuro — próximo, espera-se — o dirá. Mas, numa altura em que aumenta o debate sobre qual o timing certo para o regresso das viagens e em que moldes, a Emirates quis dar o exemplo; e tornou-se uma das primeiras companhia aéreas do mundo a operar um voo com equipas de linha da frente totalmente vacinadas, atendendo passageiros em todos os pontos de contacto das suas viagens.

Na manhã do passado domingo, 21 de fevereiro, todo o aeroporto e a experiência de passageiro a bordo do voo EK215, que partiu do Dubai às 8h30 com destino a Los Angeles, foi apoiado com segurança pelos funcionários do check-in, segurança, lounge de Primeira Classe e Classe Executiva, porta de embarque. Bem como engenheiros, pilotos e tripulação de cabine, que optaram por ser totalmente vacinadas.

A companhia diz que lançou a sua campanha de vacinação há pouco mais de um mês e, desde então, cerca de 26 mil funcionários, correspondente a 44 por cento da força de trabalho de aviação da linha de frente do Grupo nos Emirados Árabes Unidos, receberam ambas as doses das vacinas, da Pfizer-BioNTech ou Sinopharm.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT