Viagens

A casa de “Stranger Things” existe e está à venda — é mais barata que um T2 em Lisboa

Trata-se da residência da família Byers, onde Will desaparece para outra dimensão. Os donos já não aguentam as visitas dos fãs.
Uma das cenas mais icónicas da série passa-se nesta casa.

A história de Mike, Eleven, Dustin, Will, Lucas e Max continua a prender os fãs aos ecrãs. A última temporada de “Stranger Things” estreou a 1 de julho na Netflix e nesse dia a plataforma de streaming foi abaixo uns minutos, tal foi a euforia. Imagine-se quando descobrirem que a casa da família Byers existe mesmo e está à venda. É quase garantido que muitos vão considerar mudar-se.

Ao contrário do que possa pensar, a residência não fica em Hawkins, no Indiana, mas sim em Fayetteville, no estado norte-americano da Geórgia. A passagem para o Upside Down fica no número 149 da Coastline Road. A casa está à venda por 309 mil euros.

A moradia tem um papel especial na série, principalmente na primeira temporada. Foi lá que Will (Noah Schnapp,) desapareceu para outra dimensão e Joyce Byers (Winona Ryder), a mãe, comunica com o filho através de luzes de Natal e de um alfabeto pintado na parede. Um cenário icónico que até os menos entusiastas da série reconhecem.

Construído no início do século XX, o imóvel tem três quartos e está inserido num terreno com 2,4 hectares. Os donos resolveram pôr a propriedade à venda devido às incessantes visitas de hordas de fãs da série que tentam tirar fotografias junto à fachada da casa.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT