Viagens

A easyJet está a realizar voos com bancos sem costas para poupar dinheiro?

A fotografia tornou-se viral nas redes sociais e tem valido várias críticas à companhia aérea. Mas não é bem o que parece.
Voava para Genebra.

Uma fotografia partilhada no Twitter esta terça-feira, 6 de agosto, onde se vê uma passageira de um voo da easyJet sentada num banco sem costas tornou-se viral em poucos minutos. A companhia tem sido duramente criticada nas redes sociais desde então, sobretudo por ter pedido ao utilizador para apagar a sua publicação.

Por cima da imagem, pode ler-se na legenda “#easyJet beats Ryanair to have backless seats. This is flight 2021 Luton to Geneva. How can this be allowed”. Numa tradução livre: “easyJet bate Ryanair ao ter bancos sem costas. Este é o voo 2021 Luton para Genebra. Como é que isto é permitido?”

O passageiro responsável pela partilha estava sentado ao lado da mulher da foto. Em declarações ao jornal “The Sun”, o homem explicou que se encontravam no voo EXY98HD que ligava Luton (Londres, Inglaterra) a Genebra (Suíça) quando percebeu que o banco do avião Airbus A319-111 não estava em condições.

Segundo o passageiro, a assistente de bordo pediu que a mulher permanecesse no lugar até todos os restantes passageiros se encontrarem a bordo. De seguida, a passageira mudou para um lugar livre e com costas.

Após publicar a fotografia no Twitter, a companhia easyJet pediu que a fotografia fosse retirada, mas o utilizador recusou-se, por isso, a publicação continua online.

Segundo o “Independent”, a companhia aérea assumiu que a foto era verdadeira mas afirmou que “nenhum passageiro seria autorizado a sentar-se num lugar daqueles” durante um voo; e explicou que se tratava de um banco a aguardar arranjo e que “não estava operacional”.

“A segurança é a nossa maior prioridade e a easyJet opera a sua frota em concordância rigorosa com as directrizes de segurança”, acrescentou a companhia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT