Viagens

Londrinos dizem que os autocarros panorâmicos são a solução para ir para o trabalho

Uma plataforma de transportes está a promover ligações em veículos com dois andares, garantindo o tão necessário "ar livre".

O desconfinamento é necessário e importante, dizem os governos — mas os cuidados são para ser mantidos, lembram as autoridades, o que nem sempre é possível em transportes públicos apertados, queixam-se os utentes. À medida que o retorno ao trabalho começa, uma empresa londrina pensa ter encontrado a solução: está a encorajar os viajantes a utilizar, nas suas deslocações para o trabalho, autocarros turísticos panorâmicos, onde o segundo andar é aberto, ou seja ao ar livre. 

A Snap, uma plataforma de autocarros, está a lançar vários serviços de transportes que diz serem seguros contra a Covid-19. Na sua página, a empresa explica ser este uma espécie de Uber de autocarros, em que o utente se regista, pede um serviço para uma determinada deslocação, e paga apenas as viagens realizadas.

Segundo o “The Independent“, o novo plano radical foi elaborado pelo executivo-chefe da Snap, Thomas Ableman, em resposta à pandemia do novo coronavírus. “Uma coisa que sabemos é que muitas pessoas estão muito nervosas ao usar o metro de Londres”, explicou ao jornal, tendo esta sido a génese da ideia.

View this post on Instagram

Last night, @borisjohnsonuk told the nation to go back to work without using public transport. We can help this happen!💡Our fantastic Snap operators are currently pretty quiet…and the Snap tech platform enables both social distancing & contact tracing. Put them together, and employers can get their teams back together in safety. More info 👉 getasnap.com/pop-up-transport #backtowork #borisjohnsonspeech #borisjohnson #lockdown #transport #coach #travel #covid #safetravel #socialdistancing #government #advice #coachtravel #traveltowork

A post shared by Snap (@snaptraveltech) on

“Não queremos que as pessoas que estão nervosas por usar o metro comecem todas a usar os seus carros. Existem 233 autocarros de topo aberto em Londres. Vamos pô-los a trabalhar levando os passageiros para o escritório”, explicou ainda, frisando que isto é “literalmente o máximo em transporte público com segurança da Covid”.

Depois de as pessoas se inscreverem, os percursos são dinâmicos, consoante as necessidades, e as tarifas dependem de quantos companheiros de viagem desejem fazer o mesmo caminho.

“Se um número suficiente de pessoas quiser, podemos cobrar um preço semelhante à tarifa do metro. Não é uma opção com preços premium”, frisa o responsável.

Um aplicativo de rastreamento ao vivo oferece aos passageiros visibilidade da localização do autocarro e da hora prevista de chegada, além de permitir o rastreamento de contactos caso um passageiro tenha um teste positivo para coronavírus posteriormente. A Snap estima que existe uma capacidade de open-top suficiente no Reino Unido para que 30.000 passageiros viajem para trabalhar ao ar livre nestes veículos de dois andares.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT