viagens

Arqueólogos descobrem múmia amarrada no Peru — terá mais de 800 anos

Estava em bom estado de conservação e foi encontrada em Lima. Encontrava-se envolta em cordas e com as mãos a cobrir a cara.
A múmia estava atada e com a cara tapada.

Tem pelo menos 800 anos a múmia que um grupo de arqueólogos descobriu esta semana em Lima, no Peru. A equipa não conseguiu identificar o género, mas repararam que estava amarrada e a cobrir a cara. Foi encontrada numa estrutura subterrânea perto da capital do país.

“A principal característica da múmia é que todo o corpo estava amarrado por cordas e com as mãos a cobrir o rosto, o que faria parte do padrão fúnebre local”, disse à Reuters Van Dalen Luna, da Universidade de São Marcos (em Lima, no Peru).

Será analisada com mais cuidado em laboratório para se perceber melhor a que ano pertence. Uma pesquisa preliminar aponta que poderá ser de uma cultura que viveu há centenas de anos entre o litoral e as montanhas do país. Pedras e cerâmicas também foram encontradas durante as escavações deste artefacto.

A par do Império Inca, são várias as culturas que se desenvolveram no Peru. Muitas estão apenas a ser descobertas recentemente devido ao trabalho de arqueólogos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT