Viagens

Adeus, viagens baratas: Ryanair vai acabar com os voos a 10€

A marca tornou-se célebre graças à oferta low cost. Devido à subida dos valores do petróleo, a política de preços vai mudar.
Os planos das próximas férias vão mudar.

Michael O’Leary, o presidente executivo da Ryanair, revelou esta quinta-feira, 11 de agosto, que os voos a 10€ vão acabar e não irão regressar nos próximos anos. A decisão foi tomada devido à subida dos custos operacionais com a energia, e em especial, com os combustíveis. .

“Acho que não haverá voos a 10€, porque os preços do petróleo estão muito mais altos desde que a Rússia invadiu a Ucrânia”, explica em entrevista à “BBC Radio 4”. “Creio que não vamos voltar a oferecer esses preços nos próximos anos.” E pode também esquecer os voos a 99 cêntimos, que a empresa costumava disponibilizar em campanhas especiais.

O empresário adianta também que os valores médios dos bilhetes vão aumentar cerca de 10€, passando dos 40€ de 2021 para 50€ nos próximos cinco anos. Apesar de tudo, acredita que as transportadoras de baixo custo vão continuar a “sair-se bem”. “As pessoas vão continuar a viajar frequentemente, mas vão ser mais sensíveis em relação aos preços das viagens”, realça.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT