Viagens

Adeus, voos low cost: Ryanair anunciou que vai reduzir o tráfego em Portugal

Companhia aérea justifica a decisão com a subida das taxas aeroportuárias aplicadas pela ANA que “já eram bastante elevadas”.
Vai reduzir os voos.

Se no verão de 2023 a Ryanair operou mais de 1.600 voos semanais de e para Portugal, o próximo ano será bastante diferente — e as notícias não são boas. Principalmente para todos os que viajam em modo low cost.

A companhia aérea anunciou esta terça-feira, 21 de novembro, que vai reduzir um avião na Madeira e diminuir o número de voos programados para o verão de 2024 nas bases de Porto e Faro. A decisão reflete a atualização das taxas aeroportuárias aplicadas pela ANA/Vinci, anunciadas em setembro. 

A subida será de 17 por cento no aeroporto de Lisboa, de 12 em Faro, 11 no Porto, nove nos Açores e seis na Madeira. “Infelizmente, estamos aqui para anunciar cortes, porque fomos recentemente vítimas do monopólio da ANA, que aumentou de forma extraordinária as taxas aeroportuárias para o próximo ano”, disse o presidente executivo da companhia, Michael O’Leary.

Para o responsável, “não há justificação” para esta atualização de valores, que “já eram bastante elevados”. A subida serve apenas “para encher ainda mais os seus bolsos à custa do turismo português e dos empregos, especialmente nas ilhas portuguesas”.

Face a esta situação, a Ryanair apela ao Governo para “reabrir a concessão para o novo aeroporto”, defendendo que só faz sentido se for no Montejo, a par com a Portela. A empresa pede ainda à ANAC para “intervir urgentemente e reverter este aumento de preços monopolistas, protegendo as companhias aéreas de Portugal, os passageiros e as economias insulares dos preços monopolistas excessivos da ANA, antes que seja tarde demais”.

Após a privatização da ANA, as taxas têm sido atualizadas anualmente, com base numa fórmula que reflete a evolução da inflação e o tráfego aéreo previsto. As receitas são utilizadas para a gestão do aeroporto, manutenção de edifícios, pavimentos e equipamentos, procedimentos relacionados com regras definidas para o setor ou serviços de conforto prestado aos passageiros na chegada e partida.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT