Viagens

Aproveitar o Natal e celebrar o Ano Novo: Solférias lança pacotes para a Madeira

Programas com voos especiais surgem na semana em que a Madeira foi eleita o mercado de Natal mais seguro na Europa.
Costuma ser assim.

Apesar de tudo o que aconteceu em 2020 ainda há esperanças de, com cuidado, precauções, testes e máscaras, ser possível viver um Natal e sobretudo celebrar a tão desejada mudança de ano com algum conforto e até aventura.

A pensar nisto, a Solférias anunciou que, tal como é tradição, lançou a sua programação de fim de ano para o Funchal e Porto Santo, em voos especiais. Trata-se, mesmo nesta realidade, diz a agência, de “uma das melhores e mais seguras opções para o fim de ano”. Aliás, esta semana a Madeira foi eleita, pelo “European Best Destinations“. como o primeiro lugar numa lista com os 15 mercados de Natal mais seguros na Europa.

Os responsáveis deste site selecionaram os destinos, tendo como base uma série de critérios — o número de casos de Covid-19 por milhão de habitantes, o número de camas de hospital, a proximidade com o aeroporto, as medidas de segurança e higiene em espaços públicos, entre outros. 

E para a segurança e controle de todos os passageiros seja ainda maior, as operações serão feitas em voos especiais Solférias em dois programas distintos: o programa do Funchal contempla estadias de quatro noites de 30 de dezembro a 3 de janeiro, com uma partida direta de Lisboa e outra do Porto em voos Sata. Segue-se, claro, o alojamento num vasto leque de opções de unidades com o preço dos pacotes a começar nos 682€.

Já para o Porto Santo, o programa é de três noites, de 31 de dezembro a 3 de janeiro, com partida apenas de Lisboa e alojamento no Hotel Vila Baleira 4* com programa de animação diária e réveillon incluído, com preço desde 619€.

Recorde-se que, em setembro, o governo regional da Madeira anunciou que os concursos para as tradicionais festas de Natal e Fim de Ano na região já foram lançados, o que significa que estes vão acontecer— ainda que os programas sejam adaptados ao contexto da pandemia da Covid-19.

“Já lançámos os concursos e temos algumas surpresas reservadas relativamente a qualquer um destes grandes acontecimentos da tradição da Madeira na época natalícia e final do ano”, declarou então o secretário de Estado do Turismo local. Segundo Eduardo Jesus, à semelhança do que aconteceu este ano com a Festa da Flor, cujo programa foi “reinventado”, tendo o tradicional cortejo sido substituído por 51 atuações dos nove grupos, também estes eventos vão ser adaptados às circunstâncias relacionadas com as regras de segurança cruciais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT