Viagens

Atenção. Visitar Amesterdão vai ficar (ainda) mais caro no próximo ano

O governo decidiu aumentar consideravelmente a taxa turística já aplicada nos hotéis e aos passageiros de cruzeiros.
Más notícias.

O governo dos Países Baixos anunciou que visitar Amesterdão, a capital neerlandesa, vai ficar ainda mais caro no próximo ano graças ao aumento da taxa turística — que também é imposta a todos os habitantes que façam estadias em hotéis. Vai ser, simultaneamente, a mais elevada da Europa. A informação foi revelada nesta terça-feira, 10 de outubro.

Atualmente, as noites nas unidades hoteleiras têm um custo adicional de sete por cento, percentagem que irá subir para os 12,5 por cento no próximo ano. Contudo, a data exata da entrada em vigor da nova taxa ainda não foi revelada. O valor cobrado aos passageiros dos cruzeiros que atracam na cidade também passará de 8 para 11€ por pessoa.

Uma noite num hotel daquela cidade, custa, em média, 175€ — valor a que acrescem 18,25€ de taxa turística. Após a atualização, este custo adicional será 21,80€. O valor varia conforme os preços praticados pelos empreendimentos, ou seja, quanto mais caro for o hotel, mais elevada será a taxa.

“Isto vai ajudar a financiar e concretizar algumas das missões da cidade. Vai permitir que combatamos o turismo selvagem e vamos conseguir canalizar as verbas para a limpeza das ruas e para os diversos problemas dos bairros e distritos”, explicou Hester van Buren, o presidente do município neerlandês.

Nos últimos anos, Amesterdão tem tomado algumas medidas drásticas para conseguir controlar o número de turistas que a visitam. Em 2017, impediu a abertura de novas lojas de lembranças. E no ano passado proibiu o consumo de canábis em diversos espaços, reduzindo também o horário de funcionamento de bares e discotecas, especialmente no famoso Red Light District.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT