Viagens

Banguecoque reabre em outubro (e o resto da Tailândia vem a seguir)

O idílico destino planeia receber os turistas com o sistema de dias de espera num resort. A economia não pode esperar mais.
Já pode planear.

O país não pode esperar mais e o turismo também não. Depois de Phuket, a Tailândia está a planear reabrir Banguecoque para visitantes totalmente vacinados no próximo dia 1 outubro, seguindo-se outros locais icónicos. O anúncio foi feito na passada sexta-feira, 10 de setembro, pelas autoridades nacionais, que explicam ter de salvar uma indústria de turismo fortemente atingida pela pandemia.

Segundo avançam vários meios internacionais, a medida era já esperada: apesar de a pandemia ainda não estar totalmente sob controlo, o país continua a apostar nas vacinas para planear a reaberturas das sua várias ilhas, começando por Phuket — a mais vacinada e já a receber visitantes.

Num ano normal, o turismo naquele destino correspondia a mais de um quinto da receita nacional, com as restrições e viagens da pandemia a contribuir para o pior desempenho da economia em mais de 20 anos.

Agora, e a partir de dia 1 de outubro, todos os viajantes estrangeiros totalmente vacinados terão permissão para visitar a Tailândia para fins turísticos: pelo menos Banquecoque e outras quatro províncias de Chiang Mai, Chon Buri, Phetchaburi e Prachuap Khiri Khan.

À partida, não será obrigatória a quarentena, devendo as autoridades apostar no sistema que chegou a Phuket em julho: uns dias num resort enquanto os turistas fazem testes. Enquanto isso, a aposta na campanha de vacinação deverá aumentar, sobretudo em todos aqueles que trabalham no setor do turismo.

Segundo a “France24“, depois de ter aguentado 2020 com a pandemia relativamente controlada, ainda que estando condicionada às restrições de viagens internacionais, a Tailândia tem tido este ano um aumento regular de casos, devido à variante Delta.

Em Phuket, Samui, Tao e Phangan, a reabertura foi feita graças às vacinas e ao esquema de espera após entrada, tendo as receitas subido nestas regiões desde julho.

Depois da lista de destinos referidos para reabrir a 1 de outubro, mais tarde, a 21 de outubro, outros deverão ser adicionados, incluindo Chiang Rai, Sukhothai e a popular região de Rayong.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT