Viagens

Bona celebra Beethoven  — e é a cidade que tem mesmo de conhecer este ano

A assinalar os 250 do nascimento do compositor, o museu a ele dedicado foi renovado, há festivais, eventos e muito mais.
A universidade e jardins.

Os próximos meses são uma época especial para Bona. A cidade assinala os 250 anos do nascimento de Ludwing van Beethoven com uma celebração feita de eventos, inaugurações, concertos e muito mais. Todos os motivos justificam uma escapadinha à cidade alemã: um destino com menos multidões, preços não astronómicos e um ano culturalmente único que vai ficar na sua história.

Situada a cerca de 30 quilómetros de Colónia, Bona é uma cidade especial. Além de ter sido capital da Alemanha ocidental entre 1949 e 1991 (quando, com a reunificação do país, passou o testemunho a Berlim), foi aqui que nasceu, há 250 anos, Ludwing van Beethoven, o compositor clássico mais ouvido em todo o mundo.

Segundo o Turismo da Alemanha, a terra natal de Beethoven, onde viveu até aos 22 anos — antes de se mudar para Viena, na qual viria a falecer em 1827 — vai celebrar o seu 250.º aniversário até dezembro deste ano.

Esta é por isso, lembra esta entidade, uma excelente oportunidade para viajar para lá, até porque fica a uma curta distância de um voo direto (até Colónia) desde Portugal. A revista “Lonely Planet”, classifica mesmo Bona como um dos três destinos a visitar em 2020 na Europa — no Top 10 mundial, surge na quinta posição.

E o que pode ver e viver, quais as atrações e eventos incontornáveis na ex-capital alemã? Muita coisa, desde a casa onde Beethoven nasceu, a parques, museus, um rio e um festival.

Depois, só tem de marcar um voo — encontra viagens diretas de ida e volta de Lisboa para Colónia a partir de 180€, em abril — e um alojamento; há hotéis a começar nos 60€ por noite, na mesma altura.

Carregue na galeria para conhecer os principais motivos que justificam uma escapadinha fora da caixa a esta cidade alemã em 2020.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT