viagens

Comissárias de bordo protestam sem roupa em Itália

Os primeiros dias da nova companhia aérea ITA Airways não estão a ser fáceis. Pouco mudou em relação à anterior Alitalia.
O protesto aconteceu na praça Campidoglio, em Roma.

A Alitalia foi reformulada devido aos efeitos da pandemia. Daí surgiu uma nova companhia aérea em Itália, a ITA Airways. Em poucos dias de atividade, os ânimos não são os melhores entre os trabalhadores e antigos funcionários. Esta sexta-feira, 22 de outubro, houve um protesto em Roma de comissários que acabaram por despir os uniformes.

Segundo a “CNN Travel“, 50 ex-comissárias de bordo protestaram na praça Campidoglio. Apareceram com os uniformes da Alitalia que retiraram para ficar em camisa de noite. Gritaram “Nós somos Alitalia”. Da reformulação que foi feita, dezenas de pessoas ficaram sem emprego na nova companhia.

Também os novos contratos não são do agrado por quem ficou na ITA Airways. Houve cortes de salário, perda de antiguidade e informação com pouco tempo de antecedência para onde têm de viajar. Também foi uma ameaça de greve nacional.

Dos mais de 10.500 trabalhadores da Alitalia, apenas 2.800 ficaram empregados na ITA Airways. Foram mantidos 52 dos 110 aviões, que ganharam uma nova pintura. Os uniformes também serão diferentes dentro de algumas semanas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT