Viagens

Copenhaga quer banir as trotinetes elétricas do centro da cidade

"Não será possível alugar ou estacionar uma trotinete na maioria das áreas mais movimentadas a partir de 1 de janeiro".
Mudanças para breve.

O município de Copenhaga, na Dinamarca, quer proibir o acesso ao centro da cidade de trotinetes elétricos, anunciaram representantes da autarquia local na passada sexta-feira, 9 de outubro.

“Não será mais possível alugar ou estacionar uma trotinete elétrica na maioria das áreas mais movimentadas de Copenhaga a partir de 1 de janeiro”, disseram responsáveis da autarquia à AFP, citados por vários meios locais.

Segundo a “France24“, na prática, a medida vai proibir as trotinetes no centro histórico da cidade e bairros adjacentes, onde já não era, aliás, permitido estacioná-las. “Infelizmente, encontramos grandes problemas com as trotinetes elétricas … É extremamente difícil para os idosos, por exemplo, passarem quando elas estão paradas”, disse o vereador Rune Dybvad à TV2.

A medida ainda precisa de ser aprovada pelo conselho municipal, mas conta com amplo apoio. Apesar de ser um símbolo da economia da partilha e de mobilidade amiga do ambiente, em algumas cidades os casos de excesso de trotinetes e sobretudo de comportamentos recorrentes de mau estacionamento e impedimento de passagens levou municípios a tomar medidas de proibição de aparcamento —sendo esta de Copenhaga, a confirmar-se, a mais drástica.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT