Viagens

Açores e Madeira foram os destinos de eleição dos portugueses este verão

Ponta Delgada e Funchal tiveram, em 2021, um crescimento da procura acima dos 200 por cento face ao ano anterior, segundo a eDreams.
O Funchal.

Num ano ainda atípico e de pandemia, muitos portugueses decidiram, lentamente, recomeçar a viajar. E a grande maioria foi pela escolha mais segura e perto de casa ou do coração: as ilhas portuguesas.

Segundo um novo estudo da eDreams sobre as principais tendências de viagem dos portugueses no verão que agora termina, os Açores e Madeira cimentaram-se como destinos de eleição dos portugueses, substituindo os anteriores “clássicos”.

De acordo com os dados da maior agência de viagens online da Europa, se há alguns anos os destinos favoritos dos viajantes nacionais eram as mais emblemáticas capitais europeias, como Paris, Madrid ou Roma, agora, mais do que nunca, parecem ser, por exemplo, Ponta Delgada e Funchal.

A tendência começou, na verdade, pré-pandemia: segundo com a plataforma. sente-se já desde há dois anos mas em 2021 cimentou-se por completo: as viagens para a capital dos Açores registaram um crescimento de 203 por cento face a 2020, e de 35 por cento face a 2019. Também no caso do Funchal, o padrão é semelhante: houve um aumento de 245 por cento em 2021 face a 2020, e de 26 por cento face a 2019.

O Top 10 de destinos nacionais neste verão ficou composto por mais duas cidades portuguesas: a Ilha Terceira, que surge em sexto lugar, e Faro, em 10.º; e entre os restantes ficaram Paris, Barcelona, Madrid, Roma, Ibiza e Genebra. Já os portugueses que se aventuraram em viagens de longo curso (com mais de quatro mil quilómetros de distância) deram preferência a destinos bem distintos: São Paulo, Luanda, Dubai, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Quanto aos gastos, o estudo revela que, em 2021, os portugueses gastaram em média 207€ por pessoa nas suas reservas de voo e hotel — um valor que se mantém em linha com o de 2020 (203€) mas abaixo do de 2019 (295€). A mesma tendência pode verificar-se nas reservas apenas de voos, que em 2021 são de 191€ por pessoa em média (contra 194€ em 2020 e 273€ em 2019).

Além disso, a eDreams quis também compreender quem foram os turistas estrangeiros que elegeram o nosso país como destino para este verão. Em primeiro lugar os franceses, que compõem 39 por cento dos nossos visitantes; seguindo-se alemães (14 por cento), espanhóis (9 por cento), britânicos (8 por cento) e suíços (7 por cento).

As cidades mais procuradas em Portugal foram, naturalmente, a capital Lisboa, e os destinos de referência Porto e Faro – onde se localizam também os aeroportos do país. Contudo, os dados da plataforma mostram que também os estrangeiros têm cada vez mais interesse nas ilhas portuguesas, com as cidades de Funchal e Ponta Delgada a surgir, respetivamente, em quarto e quinto lugar.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT