Viagens

Encontrada no Egito uma fábrica de cerveja com cinco mil anos

Calcula-se que tivesse capacidade para produzir até 22.400 litros de cerveja.
Imagem partilhada no Instagram.

Um grupo de arqueólogos do Cairo descobriu uma enorme fábrica de cerveja que deverá ter mais de cinco mil anos, na antiga cidade egípcia de Abydos, de acordo com o Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito.

Citada pela “CNN“, esta entidade explica que a cervejaria remonta muito provavelmente ao reinado do rei Narmer, por volta de 3.100 aC, o que a tornaria na mais antiga encontrada em Abydos. Calcula-se que tivesse capacidade para produzir até 22.400 litros de cerveja em cada funcionamento.

Um especialista em arqueologia da Universidade de Nova Iorque envolvido na missão egípcio-americana que fez a descoberta, explicou ao canal que os pesquisadores acreditam que a cerveja era usada em rituais de sepultamento real para os primeiros reis do Egito. Escavações anteriores na área terão ainda revelado indicadores de que a cerveja era também utilizada durante alguns rituais de sacrifício.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT