Viagens

Escolas do Reino Unido encerradas (pelo menos) até fevereiro

O país está a tomar medidas extremas para diminuir o número de infeções por Covid-19.
O país está a tentar controlar o contágio por Covid-19.

Com a deteção de uma nova variante da Covid-19 no Reino Unido, ainda durante dezembro, o país viu-se obrigado a tomar medidas mais duras para combater a doença. Antes de o ano terminar, o governo de Boris Johnson determinou o confinamento e o encerramento das escolas.

Agora, a imprensa internacional, incluindo a “BBC”, diz que as escolas vão permanecer sem alunos, pelo menos, até ao final de fevereiro. O período de encerramento pode estender-se, consoante a evolução da pandemia no país.

O fecho de escolas é uma medida que afeta os alunos de Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte, ainda que a data para a reavaliação da medida seja diferente. Até lá, os alunos dos ensinos preparatório e secundário têm aulas à distância. O ensino presencial verifica-se apenas para os alunos com necessidades especiais e filhos de trabalhadores de serviços essenciais.

Esta medida obrigou também ao cancelamento dos exames, incluindo os de acesso ao ensino superior, que vão ser substituídos por uma avaliação contínua.

Até à data, o Reino Unido soma mais de três milhões de casos de Covid-19. Destes, 81 mil acabaram por morrer.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT