viagens

Este avião da EasyJet não se despenhou em Lisboa por um segundo

O relatório divulgado remonta a um voo do ano passado e que tinha como destino Manchester. Estavam 167 passageiros a bordo.
O caso remonta a 2019.

Mais um segundo e um avião da EasyJet tinha ficado sem pista para descolar no aeroporto de Lisboa. O relatório divulgado esta sexta-feira, 14 de agosto, pela Sky News, é relativo a um voo que ocorreu em setembro de 2019 e que tinha 167 passageiros a bordo. Os pilotos calcularam mal o tamanho da pista e ficaram apenas a pouco mais de 10 metros da vedação.

Felizmente nada aconteceu, mas foi aberto um inquérito pela Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB). O Airbus A320 saía de Lisboa e tinha como destino Manchester, em Inglaterra. A AAIB concluiu que a aeronave descolou com apenas com 110 metros de pista.

Pelas contas, e atendendo à velocidade que ia, mais 1,3 segundos e a pista teria acabado. “Poderia ter causado danos significativos à aeronave e aos ocupantes”, descreve o relatório, aqui citado pela Sky News.

Uma das causas encontradas foi o cálculo errado da dimensão da pista pelos pilotos. Estes perceberam que havia algo de estranho quando viram as luzes vermelhas e brancas nos últimos 900 metros, mas acabaram por não descolar logo nessa altura.

O relatório afirma ainda que os pilotos foram interrompidos várias vezes durante a preparação do voo, o que contribuiu para os erros que se seguiram.

A EasyJet já respondeu e diz que a sua equipa seguiu os procedimentos normais e fez o voo sem qualquer incidente.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT