Viagens

Este casal vai partir numa viagem pela Europa à busca do significado da felicidade

Começam em Lisboa e terminam na Finlândia, o país mais feliz do mundo. Pelo meio, passarão por mais de 80 cidades em 17 países.
Pretendem partir no fim de fevereiro.

A felicidade é algo subjetivo. Para algumas pessoas surge na forma de dinheiro e bens materiais, para outras pode ser uma tarde bem passada na companhia da família ou dos amigos. Não há uma resposta definitiva sobre o que faz alguém feliz.

“A felicidade não tem um manual, não tem um livro. Porém, a infelicidade tem um roteiro e um guião. Se as pessoas seguirem o manual da infelicidade, de certeza que serão tristes”, conta à NiT Abbadhia Vieira, metade do casal que partirá em viagem — de autocarro — rumo à Finlândia para descobrir o que significa a felicidade.

Há dez anos que trabalha dentro deste campo abstrato da felicidade: ajuda as empresas a terem uma cultura mais positiva. O objetivo é fazer com as pessoas deixem de ver o quotidiano e o trabalho como algo aborrecido e apenas como uma coisa que são obrigados a fazer porque têm contas para pagar.

A Happiness Mentality Journey, que será feita ao lado de Leandro Vieira, o seu parceiro, vai arrancar no fim de fevereiro ou, o mais tardar, no início de março. “Atualmente estamos a tirar a carta de pesados. O autocarro tem 16 toneladas — não podemos conduzi-lo com a carta de condução de ligeiros”, explica Abbadhia Vieira. 

Não foi por mero acaso que apontaram o país nórdico como destino final. “Vimos num relatório da ONU que a Finlândia foi considerada o país mais feliz do mundo por três anos seguidos. Sou carioca, e para nós a felicidade é o calor. Depois vemos um país frio a ser considerado o mais feliz. Então começámos a questionar-nos: porque será que os finlandeses estão colocados nessa posição? O que há ali que os põe em número um da lista?” É a resposta a estas perguntas que ambos pretendem encontrar durante a jornada que durará aproximadamente até julho.

A rota passará por mais de 80 cidades espalhadas por 17 países diferentes. “Fazemos questão de fazer o menor percurso e tivemos em conta a relação custo-benefício, porque os preços das portagens e do combustível são altíssimos”, explica-nos.

Vamos poder acompanhar a viagem de Abbhadia e Leandro Vieira através das contas de Instagram e YouTube da Happiness Mentality Journey. Mas não ficarão por aí, uma vez que o principal objetivo, depois de ficarem a saber mais sobre o que é a felicidade, é realizarem um documentário. Assumirá a forma de série e pretende “despertar e inspirar as pessoas para um tema bastante importante: o auto-conhecimento e procura pela mentalidade da felicidade, com bastante humor e de uma maneira menos subjetiva, através de entrevistas e relatos.”

Os principais intervenientes da produção, além do casal, serão os vários entrevistados com quem já começaram a falar. Muitos deles são portugueses e brasileiros espalhados pela Europa fora. Querem incluir relatos de idosos, estudantes, líderes empresariais e jovens em início de carreira, de forma a ter diferentes perspetivas.

A série terá elementos de ficção (cenas e histórias inspiradoras) como fio condutor da narrativa e no início de cada episódio irá contar também com as entrevistas. Será composta por seis episódios de 25 minutos cada, que abordarão temas como educação, mercado de trabalho, saúde e genética, poder de compra, segurança, cultura e comportamento. Ainda não sabem em que plataforma será disponibilizada.

Para já, o casal tem as atenções viradas para a jornada, sendo o destino da série um assunto para ser tratado depois de concluída a viagem. Em adição ao projeto, será criado um livro com imagens da viagem e um making of com os melhores momentos dos bastidores.

Além destas futuras produções, Abbadhia é protagonista num dos podcasts da NiTfm: “The Happiness Mentality”. Apesar de estar de saída de Portugal, garante que continuará as gravações remotamente.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT