Viagens

Falta de chuva e maré baixa deixam os canais de Veneza sem água

O fenómeno, raro, deixou a cidade irreconhecível.
Impressionante.

Quando se fala em Veneza, a primeira imagem que nos vem à cabeça é a da idílica cidade italiana onde as estradas são feitas de água e onde em vez carros circulam inúmeros barcos, barcaças e gôndolas. Certo? Bem, nem por isso. Pelo menos por estes dias. É que a confluência de dois fenómenos naturais deixou os canais da cidade sem água, de acordo com a “BBC”.

De acordo com a cadeia televisiva britânica, quem, esta sexta-feira, 26 de fevereiro, visitou a cidade, deparou-se com milhares de barcos encalhados nas margens dos canais e um caos de tráfego marítimo nas vias onde ainda havia água.

Tudo porque a falta de chuva que se fez sentir nas últimas semanas, associadas a marés particularmente baixas fez com que o nível de água nos canais da cidade caísse para pouco mais de 70 centímetros na maior parte da cidade e, em alguns locais, para níveis ainda mais baixos, com a água a descer abaixo dos 45 centímetros.

Apesar de relativamente raro, o fenómeno não é novo. Uma situação semelhante aconteceu em dois anos consecutivos não há muito tempo: em 2015 e 2016. 

Os barcos não conseguem circular.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT