Viagens

Fim de semana de caos no aeroporto de Lisboa: juntam-se mais 41 aos 65 voos já cancelados

A situação inclui partidas para destinos internacionais, mas também chegadas a Portugal. A situação é caótica.
A maioria dos voos envolve a TAP.

Filas longas e pessoas descontentes. É este o atual cenário do aeroporto de Lisboa com dezenas de voos por realizar este fim de semana, incluindo mais de 40 voos cancelados este domingo, 3 de julho. Em causa, estão constrangimentos em aeroportos internacionais, como explicou a ANA – Aeroportos de Portugal, consequência de várias greves em diversas companhias aéreas. 

Até ao final do dia, está previsto o cancelamento de 41 voos, dos quais 23 são chegadas e 18 são partidas. A maioria das situações de voos cancelados, de acordo com os dados partilhados no site da ANA, envolvem a TAP. A companhia aérea explica ainda que os cancelamentos podem estar relacionados com o rebentamento dos pneus de um jato privado que, na passada sexta-feira, levou a fechar a pista do aeroporto.

A  fonte refere também que os passageiros que estão nesta situação “deverão aguardar uma mensagem da TAP com um novo horário de voo”. 

No sábado, 2 de julho, verificou-se o mesmo problema. Um total de 65 voos ficaram por realizar, com 40 chegadas e 25 partidas. Inicialmente, a previsão passava pelo cancelamento de 32 voos, 14 dos quais eram partidas para Porto Santo e outros destinos europeus e mundiais, como Filadélfia (nos EUA), Acra (no , Dakar (no Senegal) e Varadero (em Cuba). Ao longo do dia, porém, as três dezenas estenderam-se para cerca do dobro.

Uma vez que os cancelamentos estão afetar não só toda a Europa, mas também destinos com os Estados Unidos, estão a registar-se centenas de voos cancelados no território norte-americano, Madrid e Paris.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT