Viagens

Finalmente: aeroportos na Irlanda voltam a permitir viajar com líquidos acima dos 100 ml

A medida já está em vigor em Shannon e chegará ao resto do país. Tudo indica que venha a ser adotada também noutros países.
Será que é desta que deixa de levar frasquinhos?

Pode estar para breve o dia em que vai deixar de levar champô, perfumes ou gel de banho em embalagens pequenas quando anda de avião. Na Irlanda, a proibição de viajar com líquidos acima dos 100 mililitros na bagagem de mão irá começar a ser abolida. Entrou em vigor no aeroporto de Shannon (situado em County Clare e um três principais aeroportos irlandeses, juntamente com os de Dublin e de Cork) e deverá chegar aos restantes do país nos próximos meses.

Esta regra existe desde 2006 em todo o mundo e surgiu como medida de segurança contra o terrorismo — existiam planos para fazer explodir aeronaves com recurso a misturas de líquidos. Segundo o site “Schengenvisainfo”, neste aeroporto irlandês que de onde saem voos para os Estados Unidos e Europa, já é possível entrar sem qualquer restrição.

O que permitiu tal alteração da regra foi a introdução de um novo sistema de segurança. “O que mudou foi a tecnologia [de rastreio de substâncias perigosas]. Existem quatro ou cinco empresas que estão, consecutivamente, a elevar o nível da tecnologia ”, explica Eoghan Corry, especialista em viagens.

Este novo sistema custou ao aeroporto de Shannon mais de 2,7 milhões de euros. Ainda assim, quem entrar neste espaço vindo de outros aeroportos para voos de ligação, por exemplo, irá continuar sujeito às regras dos países onde as rotas tiveram origem.

Segundo Eoghan Corry esta medida irá entrar em vigor em breve em toda a Irlanda. Acredita também que a proibição será abolida em breve nas principais cidades em todo o mundo, consecutivamente adotem sistemas semelhantes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT