Viagens

Estátua budista gigante no Japão recebe uma máscara para “orar” pelo fim da pandemia

Trabalhadores colocaram máscara na figura de 57 metros de altura da deusa budista Kannon para ajudar ao fim da Covid-19.
Imagem partilhada no Instagram.

Um ano e meio depois de a pandemia ter começado, e sem fim à vista, todas as ajudas são preciosas para acabar com a Covid-19. Por isso, um grupo de trabalhadores subiu a uma estátua gigante de uma deusa budista no Japão na passada semana, para colocar uma máscara personalizada na sua cara. O objetivo? Que o gesto funcione como uma espécie oração pelo fim do coronavírus.

Segundo a “Reuters“, quatro trabalhadores demoraram cerca de três horas para carregar a máscara maciça numas cordas até a estátua branca de 57 metros de altura em Fukushima. Trata-se da figura da deusa budista Kannon, conhecida como a Deusa da Misericórdia, no templo Houkokuji Aizu Betsuin. 

Em partilhas várias pelas redes sociais é possível já ver então a estátua enorme com a sua máscara — e, para quem não conhece, como ela era antes:

A estátua, construída há 33 anos, segura um bebé é oca por dentro e tem uma escada em espiral que pode ser escalada até a altura do ombro da deusa. As pessoas costumam visitar a estátua, adianta a Reuters, para rezar por um parto seguro e pedir bênção para seus recém-nascidos.

O gerente do templo, Takaomi Horigane, explicou à agência que os trabalhadores tiveram a ideia da máscara facial quando debatiam algumas intervenções de restauração da estátua, que sofreu alguns danos com um terremoto em fevereiro. O plano é manter a máscara até à Covid-19 estar controlada.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT