Viagens

Há uma lagoa completamente cor-de-rosa do outro lado do mundo

Separado por uma estreita linha de areia está o Oceano Índico.
Não é preciso filtros.

Fica na outra ponta do mundo e com as fronteiras fechadas parece, na verdade, noutro planeta. A Austrália é conhecida pelas suas praias incríveis com água azul turquesa, pelos coalas ou pela Ópera de Sydney, entre várias outras coisas, mas o país tem muito mais por descobrir. Ainda que seja impossível de momento viajar até lá — quer seja pelas restrições de viagem ou pelo preço elevado da aventura — pode sempre guardar numa lista para mais tarde. 

Depois de uma praia com areia vermelha e água turquesa, há um lugar que consegue ser ainda mais diferente. Ocasionalmente vermelhas, às vezes lilases, mas sobretudo cor-de-rosa, e por vezes tudo junto, é assim que são as águas da lagoa Hutt. Situada na Austrália Ocidental, mais concretamente na estrada entre Port Gregory e Kalbarri, é uma das atrações mais especiais em todo o mundo.

O seu nível elevado de salinidade é aquilo que explica a cor invulgar da lagoa, e que muda de acordo com as estações do ano ou até de acordo com as horas do dia. A presença das algas produtoras de carotenóides Dunaliella salin, em conjunto com o elevado grau de salinidade, produzem betacaroteno, normalmente utilizado como corante em alimentos e medicamentos, além de ser uma fonte de vitaminas.

O lago é alimentado por águas marinhas por um lado, e meteóricas vindas de nascentes por outro. Tem cerca de 14 quilómetros de comprimento ao longo do seu eixo paralelo à costa, e 2,3 quilómetros de largura.

Por incrível que pareça, embora tenha sido descoberta há séculos, o fenómeno na Internet em torno da lagoa é relativamente novo. Há apenas alguns anos que ela foi descoberta pelos utilizadores do Instagram e pelos desportistas. Os praticantes de kitesurf são figuras recorrentes neste local, tendo sido atraídos pelo tom único da água, o que cria uma experiência diferente.

A melhor altura para fazer a visita é num dia claro, a meio da manhã ou ao pôr do sol, que serve para tirar umas fotos ainda mais espetaculares. Contudo, não é possível prever qual é a melhor altura do ano para ir até à lagoa Hutt, visto que se trata de um fenómeno natural e que pode mudar consoante o clima.

Se o verão pode ser uma melhor escolha por causa dos dias de sol, pode também ser uma altura do ano com menos água. Além disso, na estrada que leva até à lagoa há vários sítios onde pode parar para ver este fenómeno natural de perspetivas diferentes — a pequena vila de pescadores de Port Gregory é um desses locais. 

A partir de Perth, uma das maiores cidades australianas, a viagem de carro ou autocaravana (como muitos habitantes fazem) demora cerca de seis horas. De Kalbarri, o tempo de viagem é de apenas 30 minutos. Mas a vista mais espetacular é mesmo de cima, do ar — a viagem de avião desde Geraldton permite ver o contraste entre o cor-de-rosa e o azul do Oceano Índico, que fica mesmo perto.

Para já, as viagens a partir de Portugal não são permitidas e as fronteiras devem ficar fechadas até ao final do ano, pelo menos. Mas quando tudo melhorar, um voo para Perth a partir de Lisboa começa normalmente nos 1100€, com direito a ida e volta.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por ГОРЯЩИЕ ТУРЫ ОНЛАЙН 🏖 (@travelata.ru) a

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT