Viagens

Iceberg maior do que Nova Iorque separou-se da Antártida e está a preocupar os cientistas

Tem mais de 1.200 quilómetros quadrados. Há a preocupação de que se afaste e fique à deriva no oceano.
É gigantesco.

Um iceberg gigante soltou-se da plataforma continental da Antártida na passada sexta-feira, 26 de fevereiro, revelaram este sábado, 27, os cientistas da estação britânica de observação no local. No total, esta massa de gelo que agora corre o risco de ficar à deriva, tem uma área de 1.270 quilómetros quadrados, ou seja, é maior do que a cidade de Nova Iorque.

De acordo com os glaciologistas da Estação de Investigação da British Antarctic Survey (BAS), este fenómeno não constituiu uma surpresa para os especialistas, que tinham já indicação de que isto iria suceder a qualquer momento há mais de um ano. Ao longo dos últimos meses, refere um comunicado da BAS, falhas com mais de 150 metros de comprimento foram sendo registadas ao longo deste glaciar, o que indicava que se poderia soltar.

Tudo se precipitou desde o início deste ano, quando as falhas começaram a aumentar ao ritmo de, aproximadamente, um quilómetro por dia. Análises aéreas da zona indicavam que se pudesse soltar totalmente, o que acabou mesmo por acontecer na passada sexta-feira.

Os cientistas mostram-se agora preocupados com o que poderá acontecer a este enorme iceberg. Embora se espere que este pedaço de gelo se mantenha no mesmo local durante um longo período, não está descartada a possibilidade de se começar a mover em direção a águas abertas, o que o deixaria à deriva, constituindo um grave perigo para embarcações e até mesmo para outros continentes.

A falha é enorme.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT