viagens

Itália encerra cinemas e teatros. Espanha com recolher obrigatório até às 6 da manhã

Os governos dos dois países aprovaram este domingo novas medidas na tentativa de travar a propagação da Covid-19.
Há novas medidas a partir de segunda.

Os casos de Covid-19 têm aumentado nas últimas semanas na Europa e os dois países onde a pandemia foi mais grave durante a primeira vaga voltam a impor regras restritivas. Itália e Espanha aprovaram este domingo, 25 de outubro, novos diplomas com o objetivo de controlar a evolução progressiva dos contágios.

Segundo o “El País”, em Espanha será mais uma vez aprovado o estado de emergência. A reunião do executivo ainda está a terminar, mas o objetivo do Governo passa por aprovar esta medida mais drástica e que vigore até abril, não apenas durante 15 dias, com renovações, como é suposto.

O jornal espanhol revela que em todo o território será imposto um recolher obrigatório entre as 23 horas e as seis da manhã, ainda que as regiões autónomas possam estabelecer outros horários. A reunião do conselho de ministros começou às 10 horas locais e ainda não terminou. Esta será a quarta vez que é decretado o estado de emergência no país.

Já em Itália, os teatros e os cinemas voltam a encerrar a partir desta segunda-feira, 26 de outubro. A medida irá estar em vigor pelo menos durante um mês. Daqui a umas semanas será mais uma vez avaliada.

Também piscinas e ginásios recebem ordem para estar fechados. Outra das medidas para conter os contágios passa por encerrar os bares e os restaurantes logo a partir das 18 horas. Também é durante um mês, até 24 de novembro, que estas restrições se vão manter.

Só este sábado, 24 de outubro, o país registou mais 151 mortes e mais 19 644 novos casos de Covid-19.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT