Viagens

Já abriu o hotel flutuante da Suécia com vista para as auroras boreais

O Arctic Bath Hotel and Spa é uma das unidades mais incríveis do planeta. Se não acredita, veja as fotos.
É assim.

Um hotel redondo, onde os quartos têm vista para a noite estrelada e as auroras boreais da Lapónia sueca e onde ao centro do círculo existe um gigante banho gelado. Ah, tudo isto numa unidade flutuante, não lhe tínhamos dito? Agora já sabe.

Depois de anos de expetativa e de antecipação, nasceu na Lapónia (a da Suécia), um hotel flutuante: assente numa plataforma no meio do rio Lulea, junto às florestas verdes da Escandinávia. A abertura do Arctic Bath Hotel foi adiada várias vezes mas neste início de 2020 aconteceu mesmo. O espaço já está a funcionar e o luxo por aqui é como nunca viu — apesar de com a combinação de paisagem, localização e decoração, isso nem sequer ser preciso.

O hotel tem quatro saunas, uma zona de lounge, uma piscina aquecida e uma outra fria no meio do hotel, com a água a uns gélidos três graus. Há vários tratamentos disponíveis, de massagens com pedras a tratamentos faciais. Segundo a “Lonely Planet”, todos os hóspedes levam como recordação kits de spa do Ártico, que incluem peelings corporais, máscaras faciais, tratamentos para os pés e cremes para o rosto.

Quanto à incrível estrutura circular em madeira, a lembrar a estética da série “A Guerra dos Tronos”, esta foi na verdade inspirada pela floresta em que se insere. A construção do espaço foi feita com materiais locais e produzida de forma a eliminar quase por inteiro o impacto ambiental.

No exterior, as árvores não ficaram esquecidas, muito pelo contrário, rodeiam todo o hotel. A inspiração para o projeto arquitetónico surgiu de um outro espaço não muito longe dali, o Treehotel, que fica mesmo no meio da floresta na Suécia e tem casas nas árvores.

Quanto aos quartos, são apenas 12: divididos em cabines individuais, seis delas a flutuar na água (ou, no inverno, presas no gelo) e seis em terra. Todas têm enormes janelas para que possa ver a aurora boreal em grande plano e longe do frio.

A piscina no centro.

Porém, a verdadeira estrela é a tal piscina gelada, que fica mesmo ao centro da construção. Os mais corajosos são convidados a mergulhar nestas águas a três graus para depois poderem recuperar noutra piscina aquecida, ou nos spas e saunas.

Pode ainda contar com um restaurante e um lounge, tudo construído com materiais locais. A comida pretende ser de gastronomia tradicional sueca reinventada, usando apenas ingredientes saudáveis e de origem local, como frutas, legumes, mel, ervas frescas e carnes e peixes livres de antibióticos. 

A “Lonely Planet” lembra que os hóspedes podem observar as luzes do norte durante o inverno e aproveitar o sol da meia-noite, quando há 24 horas de luz do dia nos meses de verão, naquela que é “uma das novas acomodações mais exclusivas da Europa”.

Se tiver vontade de visitar o espaço, prepare-se: o preço de um quarto por uma noite vai dos 850€ aos 999€. Para fazer a reserva, consulte o site oficial do Arctic Bath Hotel & Spa.

Para lá chegar, basta apanhar voos para Rovaniemi, Finlândia —a 353€ ida e volta — e depois é uma viagem de carro ou de autocarro de cerca de quatro horas ao longo de paisagens incríveis. Cada bilhete custa cerca de 35€.

Carregue na galeria para ver algumas das surreais imagens partilhadas pelo hotel flutuante nas suas redes sociais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT