Viagens

Já está quase a abrir na China o museu assinado por Siza Vieira — e é impressionante

O MoAE - Huamao Museum of Art and Education foi desenhado pelos arquitetos portugueses Álvaro Siza Vieira e Carlos Castanheira e abre este sábado.
É inaugurado este sábado.

É já este sábado, dia 21 de novembro, que abre finalmente o MoAE – Huamao Museum of Art and Education, um museu de educação artística cujo edifício foi desenhado pelos arquitetos Álvaro Siza Vieira e Carlos Castanheira, que têm assinado vários trabalhos na Ásia.

É na província de Zhejiang que vai nascer o primeiro museu de educação artística da China. Situado junto ao Lago Dongqian, o espaço conta com uma área superior a seis mil metros quadrados.

O edifício é um projecto do grupo chinês Huamao que pretende ter uma área interactiva onde os visitantes poderão experimentar, entre outras coisas, escultura, impressão a três dimensões e copiar pinturas famosas. O mesmo espaço quer ao mesmo tempo dedicar-se ao trabalho de artistas de renome mas também pensar o futuro da arte na educação, valorizando o papel do ensino, explica a página “Metalocus”.

Além do museu, o investimento do mesmo grupo chinês inclui ainda um hotel, um centro de conferências e 22 estúdios para artistas, cinco dos quais também com assinatura nacional, como explica imprensa de Macau.

Branco e luz predomina no interior.

A escolha por Siza Vieira terá surgido aquando de uma passagem de Xu Wanmao, presidente do grupo Huamao por Portugal, onde teve oportunidade de visitar o Museu de Arte Contemporânea, no Porto, que o arquiteto desenhou para a Fundação Serralves.

Aos 87 anos de idade, Siza Vieira continua a ser um nome de exceção, não só na arquitetura nacional mas também pelo prestígio internacional, tendo vencido ao longo dos anos divesos prémios, incluindo o Pritzker.

Nos anos mais recentes, o trabalho do arquiteto tem sido também alvo de exposições em diversos países. Natural de Matosinhos, onde fez os seus primeiros trabalhos e onde é cidadão honorário. O seu primeiro projeto na China foi um edifício de escritórios, em 2014.

Nas últimas duas décadas tem levado a cabo diferentes projetos na Ásia, como o Museu Mimesis, em Paju Book, na Coreia do Sul. A Coreia do Sul, aliás, foi o primeiro projeto asiático, com a construção de um pavilhão, inaugurado em 2005.

A Casa de Chá da Boa Nova e as Piscinas de Marés, ambas em Leça da Palmeira, a célebre igreja de Marco de Canaveses ou o museu da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre,no Brasil, estão entre algumas das suas obras mais carismáticas de um arquiteto com obra na Europa, Ásia e América.

Fachada com toque característico do arquiteto.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT