Viagens

João Cajuda retomou as viagens incríveis: “Há momentos que ficaram por viver”

A NiT esteve à conversa com o algarvio de 38 anos, que venceu o prémio da Escolha do Consumidor na categoria dedicada ao tema.
Venceu o prémio de melhor canal de viagens.

A entrega de prémios Escolha do Consumidor aconteceu na passada quarta-feira, 4 de janeiro. Entre os nomes distinguidos, um não causou surpresa alguma. João Cajuda foi distinguido na categoria “Viagens” — o influencer tem o melhor canal nacional dedicado ao tema.

Alguns ainda se lembrarão da sua participação na novela “Morangos com Açúcar”, onde se estreou como ator, mas a verdade é que a representação foi colocada de lado já há alguns anos. Atualmente, João prefere levar-nos aos locais mais incríveis do mundo e faz-nos viajar mesmo sem sairmos de casa — basta percorrer o feed da página do Instagram.

O algarvio de 38 anos partilha as suas aventuras — sozinho ou acompanhado — na rede social onde conta com mais de 400 mil seguidores. Em 2016 foi considerado como um dos 15 bloggers de viagens mais influentes do mundo e foi nessa altura que decidiu criar a LEVA-ME. Através da agência de viagens qualquer um pode visitar os locais que surgem nas publicações de João Cajuda, podendo até contar com ele como guia.

Após dois anos marcados pela pandemia, que obrigou a fechar fronteiras e a adiar férias que já estavam planeadas, 2022 marcou o regresso das viagens que ficaram pendentes. E, como seria de esperar, o influenciador algarvio não perdeu tempo: retomou com as viagens de grupo da agência LEVA-ME. Mergulhou nas águas turquesa das Maldivas, fez um safari na Tanzânia, levou os pais à descoberta de uma das cidades mais bonitas do mundo — Roma, em Itália —, atravessou os Alpes suíços de comboio e continuou a fazer inveja a todos aqueles que o acompanham nas redes sociais.

Depois de ter recebido o prémio de melhor canal de viagens, a NiT esteve à conversa com o viajante sobre as viagens que fez em 2022 e os planos para este ano.

Como descreve 2022 ano em que viagens regressaram em força?
Marcou lentamente o regresso à normalidade. Houve muitos momentos de aventura e boas experiências. Voltamos a viajar com grupos para alguns destinos que finalmente acabaram com as restrições. Liderei viagens da LEVA-ME a destinos novos como o Dubai, as Maldivas e a Grécia, ambas foram espetaculares e com grupos muito divertidos. Penso que as pessoas se aperceberam que a única coisa que temos garantida é o presente, e eu tentei aproveitar todos os momentos como nunca.

Sente que conseguiu recuperar o “tempo perdido” dos últimos dois anos?
É tempo que não volta, foram viagens que ficaram por fazer e momentos que ficaram por viver… Mas, aproveitei de outra forma. Os dois anos de pandemia não foram incríveis, mas tiveram também coisas boas, momentos que de outra forma não tinham acontecido e que acredito, trouxeram a todos ensinamentos a vários níveis.

Fazendo uma retrospetiva de 2022…Quantas viagens fez? E quais os destinos que mais o surpreenderam?
Fiz 7 viagens, sendo que todas foram uma boa surpresa, gostei especialmente de visitar a ilha de Maiorca e a região de Puglia em Itália. Para quem procura povoações pitorescas, mar, campo e boa comida é um lugar a apontar. 

Algum destino o surpreendeu pela negativa?
Nada me surpreendeu pela negativa, diria que talvez esperava mais das praias da Colômbia, mas é um país fabuloso e que superou todas as outras expectativas que tinha.

Quais foram os momentos mais marcantes deste último ano?
Levar os meus pais a conhecer Itália. É um país que gosto muito e foi maravilhoso dar-lhes a conhecer a cultura italiana e explorar com eles alguns locais que também eu não conhecia.

Partilhou também uma viagem que fez à Suíça. Como foi a experiência de atravessar os Alpes suíços de comboio?
É mágico, a Suíça é um país com paisagens lindíssimas, cruzar os Alpes de comboio é inesquecível. É tudo tão verde e calmo… olhar pela janela é quase como olhar para uma pintura sem fim. Gostei também muito de conhecer inúmeros portugueses pelo país, não falei praticamente outra língua senão a nossa, foi muito bom e espero voltar um dia.

Dos hotéis/alojamentos onde ficou hospedado, destaca algum?
Em Portugal destaco o Le Monumental Palace, que tive a oportunidade de ficar. Para além de ser central para quem visita o Porto tem uma decoração diferente que nos faz viajar no tempo. No estrangeiro, gostei muito do Naturalis Bio Resort em Puglia, um espaço lindo envolto em campos de oliveiras, com boa comida e um staff muito simpático, voltarei.

A nível gastronómico, qual foi o destino que mais o surpreendeu?
A Colômbia foi sem dúvida uma enorme surpresa a nível de gastronomia, não me lembro de experimentar um prato que não fosse delicioso. Em Itália e na Grécia também comi maravilhosamente, mas isso já não é novidade para ninguém.

Quais os planos para 2023, a nível pessoal e com a Leva-me? Há destinos novos?
Na LEVA-ME temos destinos novos: Índia, Sri Lanka + Maldivas e Japão, são as mais recentes viagens que organizamos juntamente com mais outros 10 destinos. Estou muito entusiasmado por levar grupos de pessoas a conhecer estes países que tanto gosto. Tenho a certeza que serão viagens inesquecíveis, tanto para mim como para as pessoas.

Ainda há destinos de sonho que gostaria de conhecer? Quais?
Muitos… Madagáscar, Butão, Myanmar, Peru… são alguns que espero conhecer em breve.

De seguida, carregue na galeria para ver algumas das fotografias que João Cajuda foi partilhando ao longo do último ano.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT