Viagens

Ligações de alta velocidade entre Faro-Sevilha e Aveiro-Salamanca podem estar próximas

Líderes políticos de Portugal e Espanha comprometeram-se a analisar todas as possibilidades.
Fotografia: Ricardo Resende no Unsplash.

Na última sexta-feira, 4 de novembro, António Costa e Pedro Sánzhez reuniram-se em Viana do Castelo para a Cimeira Luso-Espanhola. Do encontro entre o primeiro-ministro português e o chefe do governo espanhol nasceu um compromisso: analisar eventuais ligações de alta velocidade entre Faro e Sevilha, Aveiro e Salamanca.

“Não são para amanhã nem depois, mas hoje mesmo podemos começar a estudar essas ligações para, numa próxima cimeira, podermos tomar as decisões de forma robusta e segura com calendário que obrigue os dois estados”, argumentou Costa, aqui citado pelo “Observador”, no final do evento.

A mesma publicação nota que esta ideia já foi estudada e chegou a integrar parte do primeiro acordo para a rede ibérica de alta velocidade, com quatro linhas e um calendário faseado de construção, alcançado pelos dois países, em 2003, na cimeira da Figueira da Foz. Esse compromisso previa avançar primeiro com as conexões Lisboa/Madrid e Porto-Vigo, ficando para mais tarde as linhas Aveiro-Salamanca e Faro-Huelva-Sevilha, propostas, respetivamente, por Portugal e Espanha.

Sobre a ligação de alta velocidade entre Lisboa-Porto-Vigo, que Portugal lançou recentemente, António Costa garantiu querer continuar a “desenvolver uma infraestrutura fundamental para o transporte do futuro”, de modo a contribuir para a “descarbonização, permitir o transporte de mercadorias e ter a Península Ibérica mais integrada”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT