Viagens

Loucura total. Hotéis em Liverpool esgotam em poucas horas por causa da Eurovisão

A cidade britânica foi anunciada como anfitriã na sexta-feira à noite e no sábado já não haviam quartos disponíveis.
A banda Kalush Orchestra conquistou o troféu este ano. (Instagram/Eurovision)

Na passada sexta-feira, 8 de outubro, Liverpool foi anunciada como a cidade que vai receber a Eurovisão. Quase em simultâneo começou a correria às páginas de reservas dos hotéis. Menos de 12 horas depois, 99 por cento dos quartos anunciados na plataforma Booking já estavam reservados.

A Ucrânia foi a grande vencedora do Festival Eurovisão da Canção de 2022. Porém, tendo em conta a invasão russa do país a 24 de fevereiro, o anfitrião do próximo ano passou a ser uma incógnita. Dadas as circunstâncias, organizadores optaram por escolher o Reino Unido — que ficou na segunda posição —, para receber o evento. E esta sexta-feira, 8 de outubro, ficamos a saber que Liverpool é a cidade anfitriã.

À medida que se iniciam os preparativos para receber milhares de visitantes, a vitória já teve um enorme impacto na cidade. Os quartos de hotel no centro de Liverpool, para o fim-de-semana de 13 e 14 de maio, esgotaram poucos minutos após o anúncio. Restaram apenas dois alojamentos com disponibilidade — o Dream Apartments Dale Street Liverpool e Eleanor Rigby Apts Stanley Street, em que cada quarto, para a data, está a 2.274€ e a 6.349€, respetivamente.

Ambos os hotéis estão atualmente a cobrar apenas entre 100 e 154 euros por noite por uma estadia durante o mês de outubro. Isto significa que os fãs da Eurovisão podem estar a pagar 45 vezes mais do que seria o preço habitual, dado a elevada procura gerada por causa do concurso.

Os fãs têm vindo a reservar alojamentos freneticamente, apesar de os bilhetes para a final da Eurovisão ainda não terem sido postos à venda. A organização do festival aconselha as pessoas a inscreverem-se na newsletter oficial do concurso para serem os primeiros a saber como garantir bilhetes para o evento.

Esta será a nona edição do Festival da Eurovisão a decorrer em território britânico. A primeira vez foi em 1960 e a última em 1998. Londres foi anfitriã por quatro vezes, mas o evento também já chegou a Edimburgo, Brighton, Harrogate e Birmingham.

Os ucranianos Kalush Orchestra, com o tema “Stefania”, foram os vencedores deste ano da iniciativa. Leia também este artigo da NiT sobre as origens do grupo criado em 2019 que já era um sucesso no país de origem. É

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT