Viagens

As magníficas suites com piscina privada na ilha grega que ofusca Santorini

O Olea aposta tudo nas suites espaçosas e no recato de Zakynthos, uma das ilhas mais procuradas por alturas do verão.
É só abrir a janela e mergulhar

Não tem, à partida, o sex appeal de Santorini, mas não deixa de ser uma das mais procuradas ilhas gregas quando o verão aperta e o sol pede um mergulho nas águas do Mediterrâneo. E se ali não abundam os hoteis de paredes brancas brilhantes e as vistas vertiginosas sobre o mar, existem alternativas tão boas ou melhores. É o caso do Olea All Suite Hotel.

Como o nome indica, o resort assenta apenas em espaçosas suites luxuosas. São 93 no total, todas elas com pátio privado à disposição, bem como jacuzzi ou piscina para uso próprio. Um bónus obrigatório para quem privilegia a privacidade. Caso não se importe de partilhar a água com outros hóspedes, existe uma lagoa artifical com uns impressionantes quatro mil metros quadrados de área.

É ao largo deste lago que pontuam as suites do hotel inaugurado em 2018 e cujo destaque vai também para a sua arquitetura moderna, marcada por um estilo tradicionalmente grego.

O projeto assinado pela block722 procurou harmonizar os elementos decorativos com a natureza que o rodeia, de forma a criar um retiro mediterrânico que, claro, conta com um spa recheado com tratamentos aromáticos e assente em óleos essenciais, mas também um ginásio, um salão de beleza e um pavilhão de ioga.

No que toca às suites, as áreas variam dos 36 aos 105 metros quadrados. Nenhuma chega sequer perto dos 105 m2 da suite presidencial, mais resguardada e com direito a um enorme terraço, um jacuzzi, um duche exterior e uma ampla piscina infinita privada com 37 metros quadrados. Mais próximo só mesmo a Honeymoon Suite e os seus 53 metros quadrados.

A luz é absolutamente crucial no hotel que aposta nas enormes janelas e áreas ao ar livre. No interior, as paredes e o mobiliário texturado em cores terra e crus dão aos espaços um caráter mais acolhedor.

Uma das suites com piscina privada

Apesar de não estar instalado imediatamente em cima da praia, está a um pequeno passeio de cinco minutos a pé da praia de Tsilivi, a pequena vila costeira rodeada de praias paradisíacas, montanhas e pinhais.

A gastronomia é também um dos focos do hotel, que esconde três restaurantes. O primeiro é o Omikron, onde na salta de tetos altos e vista para o mar se provam os melhores pratos gregos e regionais de Zakynthos em formato buffet.

Segue-se o Cocoon Restobar, um restaurante ao ar livre onde se troca o chão pela areia — onde se provam pequenos pratos mais leves e uma seleção de sushi e criações de inspiração japonesa. Por fim, o Flow Dine & Wine, um restaurante de traça mediterrânica que só funciona ao jantar. Existem ainda três bares onde imperam os cocktails e os vinhos.

Aproveitar todo este luxo tem um preço. Uma noite numa das suites mais pequenas e mais baratas tem um preço base de 201€ que pode disparar para os 816€ caso prefira pernoitar na Honeymoon Suite. A Suite Presidencial é, contudo, a mais cara: são 1.109€ por noite.

Como chegar lá

A rota mais rápida passa por voar até ao aeroporto da ilha, sendo que existem voos de Lisboa que obrigam a pelo menos uma escala, mas a preços acessiveis que rondam os 100€. Se apontar para uma viagem em outubro, pode fazê-la por 80€ ida e volta. Se partir do Porto, a viagem obriga a duas escalas com um preço a começar nos 81€.

O aeroporto fica a apenas nove quilómetros de distância do hotel, facilmente alcançado por táxi por um valor a rondar os 7€.

Carregue na galeria para ver mais imagens.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT