Viagens

Milhares de camelos podem ser mortos na Austrália por beberem muita água

As autoridades também temem o contributo dos animais para o aquecimento global.
Responsáveis garantem ser necessário.

No meio de todas as histórias e tragédias sobre os incêndios que assolam a Austrália há semanas, surge mais uma noticia: milhares de camelos selvagens no sul do país terão de ser mortos para impedir que bebam água preciosa, numa região totalmente devastada pela seca. 

Segundo o “Daily Mail”, mais de dez mil camelos serão abatidos nos próximos dias por atiradores profissionais em helicópteros, após uma ordem dos líderes aborígines das terras de Anangu Pitjantjatjara Yankunytjatjara.

A situação não estará diretamente relacionada com os fogos mas indirectamente sim, já que, além do consumo de água e da questão da seca, existe a preocupação de os animais estarem a contribuir para o aquecimento global — ao alegadamente emitirem metano, equivalente a uma tonelada de dióxido de carbono por ano.

Segundo o jornal, a população de camelos selvagens duplicaria a cada nove anos se um plano de controle não fosse efetuado. No entanto a medida não tem sido consensual, até porque há grupos religiosos que consideram estes animais sagrados.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT