Viagens

Neste idílico arquipélago brasileiro só pode entrar quem já teve Covid-19

Fernando de Noronha é preservado, paradisíaco e destino de milhares de turistas. Reabre em setembro, com medidas inéditas.
Cuidados inéditos.

Fernando de Noronha fica no nordeste do Brasil e tem algumas das melhores praias do mundo. É um destino idílico e habitual para milhares de turistas de todo o mundo e vai reabrir aos visitantes a 1 de setembro, após cinco meses encerrado, por causa da pandemia do novo coronavírus. Mas fá-lo de forma inédita: com o critério obrigatório de só aceitar quem já teve Covid-19.

Esta semana, o arquipélago Fernando de Noronha começa a receber turistas por etapas, com todos os cuidados para garantir a segurança de todos. “Neste primeiro momento, apenas quem já teve diagnóstico positivo para Covid-19 terá acesso ao arquipélago”, informam as autoridades locais, sem esclarecer bem os motivos.

Ao pagar uma taxa que já era obrigatória, de preservação ambiental, os visitantes terão agora de anexar comprovativos de que já estiveram infetados: ou um teste positivo com mais de 20 dias, ou o teste serológico que deteta anticorpos. Mesmo assim, os turistas ainda terão de usar uma pulseira de identificação e de cumprir quarentena ou realizar um teste negativo na ilha.

A NiT já lhe contou tudo o que precisa de saber sobre Fernando de Noronha, um destino associado ao ecoturismo, famoso também por causa das redes sociais. Neymar, Bruna Marquezine e a modelo Izabel Goulart são algumas das celebridades que costumam celebrar a Passagem de Ano por lá, o que se tem refletido num boom dos turismo ao longo dos últimos anos.

Carregue na galeria para ver algumas fotos deste paraíso brasileiro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT