Viagens

Nestes iglus pode acordar no quentinho a ver a neve lá fora

Instalados perto do Ártico, o resort sueco é o sítio perfeito para umas férias sob auroras boreais.
Pode ver a neve sem sair da cama

Parecem iglus e o objetivo era mesmo esse. As semelhanças terminam na forma — e ainda bem, até porque o plano nunca foi o de dormir sob as temperaturas geladas da Lapónia sueca.

Dentro das bolhas da Ice & Light Village existe todo o conforto necessário. Aquecimento, camas confortáveis, mantas felpudas e água quente para longos duches. Lá fora, a paisagem intacta e selvagem, que se enche de neve no inverno. Tudo para ver através das enormes janelas dos quartos.

É o sítio perfeito para ver auroras boreais

O projeto começou a ser desenvolvido em 2017 com o objetivo de ser o menos intrusivo possível na paisagem natural da região. Os iglus ou bolhas necessitam apenas de uma ligação elétrica para garantir toda a comodidade. Têm capacidade máxima para duas pessoas e todo o espaço é aberto, à exceção da casa de banho. E, claro, há um frigorífico recehado no seu interior.

O resort oferece também a possibilidade de pescar no rio Kalix, patinar, esquiar ou fazer viagens de trenó. Mas também é um bom destino nos meses menos frios, quando o verde toma conta da paisagem. A estadia tem um custo de cerca de 190€ por noite.

Foram desenhados para parecerem iglus

Como chegar lá

Terá que apanhar um voo até ao aeroporto mais próximo, na cidade de Lulea. As viagens a partir de Lisboa obrigam a pelo menos duas escalas e têm um custo que varia entre os 280€ e os 450€. Chegado ao destino, espera-o uma viagem de pelo menos uma hora, para percorrer os 84 quilómetros até à localidade de Kalix.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT