Viagens

O antigo caminho de ferro que é dos trilhos pedestres mais espetaculares da Europa

O percurso de 17 quilómetros começa na antiga estação de La Fregeneda, em Salamanca, e termina na fronteira com Portugal.
É um percurso de 17 quilómetros.

Inaugurada em 1887, há mais de 100 anos, a linha férrea unia a cidade de Fregeneda, em Espanha, e Barca d’Alva, em pleno Parque Natural das Arribas do Douro. Desativada em 1985 devido à elevada degradação das pontes e túneis, esta ligação chegou a ser considerada uma das grandes obras da engenharia ferroviária da Península Ibérica. E desde 2021 que um dos troços pode ser percorrido através de um extraordinário trilho pedestre.

O percurso chama-se Camino de Hierro (Caminho de Ferro), também conhecido como Rota dos Túneis e estende-se ao longo dos últimos 17 quilómetros da antiga linha férrea. É um verdadeiro desafio para quem tem medo de alturas. Atravessa 20 túneis, dez pontes metálicas e grande parte do caminho segue pelo vale do Rio Águeda, onde poderá avistar ravinas e rochedos. Um dos túneis — possivelmente o mais desafiante — tem 1.540 metros de extensão.

A Rota dos Túneis tem início na paragem de Valdenoguera, na antiga estação de La Fregeneda e termina no cais fluvial de Vega Terrón, na fronteira com Portugal. Ao longo do percurso, não faltam paisagens panorâmicas e as falésias íngremes do Parque Natural das Arribas do Douro.

O trilho pode ser feito na sua totalidade, com uma duração prevista de seis horas, mas também é possível fazer um trajeto mais curto, percorrendo apenas oito quilómetros até ao terceiro túnel, que deverá demorar cerca de três horas e meia. 

Para percorrer este icónico trilho pedestre, terá que reservar um bilhete online com antecedência, dado o limite diário de entradas. Os bilhetes custam 8€ e incluem seguro para os aventureiros, que têm assistência médica ao longo do percurso, e uma lanterna para percorrer os túneis escuros.

A viagem de autocarro que leva os visitantes ao ponto de partida também está incluída no bilhete. Os autocarros partem do cais fluvial Vega Terrón, mesmo ao lado da ponte que liga Espanha a Portugal.

Por estar inserido no Parque Natural das Arribas do Douro, os horários de acesso ao trilho podem ser restritos e variam de acordo com a época do ano. Isto porque um dos túneis da rota também é casa de uma das maiores colónias de morcegos da Península Ibérica e não podem serem incomodados pelos caminhantes na época da reprodução, que decorre entre maio e agosto. Se o túnel estiver aberto ao público, há duas coisas que são estritamente proibidas: fazer barulho e apontar a lanterna ou qualquer outra luz aos morcegos.

Devido às altas temperaturas registadas durante os meses de verão nesta região, o percurso não é muito recomendado durante a época alta por ter uma enorme exposição solar.

Como lá chegar

Por estar relativamente perto da fronteira — a pouco mais de 100 quilómetros — uma das melhores opções é ir de carro até à antiga estação de La Fregeneda. Ao chegar ao destino, tem estacionamento disponível e gratuito. A viagem dura cerca de uma hora. 

Se não quiser levar o carro, outra alternativa é apanhar um avião até Madrid, que é o aeroporto mais perto, e apanhar um comboio até Salamanca. Encontra bilhetes de ida a partir de 15€, com partida de Lisboa e Porto.

Já no aeroporto, pode apanhar um comboio até Salamanca, numa viagem que dura quase três horas e custa 18€. Depois só precisa de apanhar um autocarro que pára mesmo em frente da antiga estação. A viagem custa 8€ e dura uma hora e meia.

De seguida, carregue na galeria para ver alguns dos percursos.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT