viagens

O glamping do futuro que fica no meio de uma floresta

É o campismo de luxo num outro nível. Depois de tendas, surge um alojamento inspirado numa nave espacial.
Parece uma nova espacial.

O glamping trouxe uma nova forma de pensar o campismo. Numa versão mais luxuosa, é possível passar uma ou mais noites no meio da natureza. O conceito espalhou-se por todo o mundo e também chegou a Portugal. Tendas, estruturas mais tipo cápsulas, há de tudo. Em Somerset, em Inglaterra, surgiu uma nova casa inspirada em naves espaciais.

A Futuro House fica no meio de uma floresta e apresenta-se num ambiente retro de cor turquesa. A entrada das escadas é como se de uma nave espacial se tratasse, ao estilo dos filmes de extraterrestres.

Lá dentro existe uma sala com cinco poltronas, duas cabines, cada uma com uma cama de casal, estantes de livros e uma pequena zona de cozinha. A Futuro House está nos jardins Marston Park, muito próximo de um lago.

Desde 2020 que ali existe um serviço de glamping criado por Charlie Bonham Christie, cuja família é dona dos terrenos, e Michael Fenna. Ali já tinham 30 espaços de alojamento e este ano aumentaram a oferta com esta casa futurista.

Segundo o “Metro.UK”, estas casas foram desenhadas nos anos 60 pelo arquiteto finlandês Matti Suuronen, e já tinham como objetivo servir de casa de férias. Existem réplicas como esta que estão em museus, por exemplo, mas Charlie Bonham Christie e Michael Fenna decidiram usá-las no seu espaço de glamping.

A Futuro House pode ser arrendada a partir de 470€. Tem capacidade para quatro pessoas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT