Viagens

O museu onde vai encontrar as melhores histórias de ressacas do mundo

As várias atividades interativas vão fazê-lo sentir como se estivesse a recuperar de uma noite onde bebeu mais do que devia.
Há histórias incríveis.

Acordar na manhã seguinte a uma noite bem regada pode ser um misto de emoções. Primeiro, acordamos com uma dor de cabeça tão grande que juramos nunca mais voltar a ingerir bebidas alcoólicas. Pouco depois, lembramo-nos de todas as aventuras inusitadas que aconteceram na noite anterior ‒ nas quais nunca teríamos coragem de embarcar com zero por cento de álcool no sangue.

São noites mágicas que se transformam em manhãs trágicas, onde se vivem experiências que acabam por ser tema de conversa dos futuros convívios com os amigos. Algumas delas são tão excêntricas que merecem ficar guardadas para sempre num museu. A partir desta ideia, o croata Rino Dubokovic decidiu fazer uma compilação das melhores histórias destas noites e torná-las públicas num museu em Zagreb: o Museu das Ressacas (Museum of Hangovers).

“Depois de nos divertimos muito numa festa de cerveja, eu e os meus amigos fomos beber mais um copo num bar perto do local onde o museu se situa atualmente. Estávamos a conversar sobre coisas engraçadas, que eram principalmente histórias de ressacas. Um dos meus amigos contou que um dia, após uma dessas noitadas, acordou com um pedal de bicicleta no bolso. Quando ele estava a contar o que tinha acontecido, tive numa ideia incrível: criar um espaço ou uma espécie de coleção onde os objetos destes momentos podiam ser expostos, juntamente com as suas histórias. Foi aí que surgiu a ideia de criar o Museu das Ressacas, que nasceu seis meses depois”, pode ler-se num dos vários cartazes espalhados pelas paredes do local. 

Aberto desde dezembro de 2019, o espaço museológico é um ponto de visita obrigatória para todos os que passam pela capital croata e, assim como o amigo do fundador, adoram uma boa noite de copos. Apesar de não ser um espaço muito grande, alberga uma coleção de objetos encontrados inexplicavelmente depois de uma saída noturna atribulada, assim como as histórias divertidas de quem bebeu, certamente, muito mais do que um copo de cerveja. 

Os bilhetes para visitar este insólito compêndio de memórias custam 5,40€, mas atenção: é possível entrar gratuitamente. Para isso, basta acertar no centro do alvo de um jogo de dardos. Parece simples, mas para participar no jogo terá que usar uns óculos especiais (“drunk goggles”), que simulam a experiência de estar embriagado. Segunda uma colaboradora do museu, apenas um visitante conseguiu alcançar tal feito. 

Ainda antes de partir à descoberta do museu, poderá comprar uma das cervejas artesanais croatas disponíveis logo à entrada para o acompanhar durante toda a visita. Além das várias histórias e objetos recolhidos pelo mundo — como sinais de trânsito e guitarras partidas, o museu conta com experiências interativas que podem resultar em vídeos engraçados para o Instagram. 

A primeira sala do museu.

A primeira é tentar conseguir andar por cima de uma linha reta marcada no chão, com os tais óculos que simulam a experiência visual de estar embriagado. Para chegar à sala seguinte, terá que tentar sobreviver a um “chão” que não pára quieto e que dá a sensação que vamos cair. Há ainda um teste online com perguntas sobre o número de cervejas e garrafas de vinhos que costuma beber durante uma semana, para se certificar se ainda tem um fígado saudável ou não. A resposta costuma ser sempre negativa. 

Noutras das salas, há ainda um espaço onde pode dar a conhecer uma das suas histórias memoráveis que continua a ser alvo de gozo no grupo de amigos. Se for realmente impressionante, pode ser que a encontre gravada nas paredes do museu na próxima visita. 

Ao regressar à entrada, já com a garrafa de cerveja vazia, é provável que lhe ofereçam a provar, num copo de shot, Rakija, o licor tradicional dos Balcãs. O Museu das Ressacas está aberto de segunda a sexta-feira, das 13 às 21 horas. Ao fim de semana, o espaço abre às 10 horas. 

Como chegar

Primeiro terá que apanhar um voo para Zagreb, a capital croata. Com partida de Lisboa, consegue arranjar bilhetes desde 76€. Se apanhar o avião no Porto, encontrará voos a partir dos 68€.

Ao chegar à capital croata, o próximo passo é apanhar o autocarro do aeroporto que o levará à principal estação de autocarros da cidade. A partir daí, pode aproveitar para fazer uma caminhada de cerca de trinta minutos para conhecer a capital, até chegar ao número 8, da rua Preradovićeva.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT