Viagens

O sul da Europa ficou coberto por uma chuva de barro

Fenómeno raro não era tão visível há cerca de 30 anos e cobriu de castanho resorts e cidades.
A neve deixou de ser branca

Desde 2020 que andam a acontecer algumas coisas que não achamos muito normais. Primeiro veio a pandemia a nível global, depois os recordes de temperaturas no verão e até um grande nevão que condicionou a circulação em Madrid durante dias, já no início deste ano. Em jeito de piada há até quem diga que só falta vir uma invasão de zombies ou extraterrestres, mas há outra curiosidade a juntar a esta lista: a chuva de barro que está a cobrir com um manto castanho cidades e resorts de Espanha à Suíça, com especial incidência desde o último sábado, 6 de fevereiro.

Esta espécie de tempestade de areia resulta do pó que é trazido pelo vento forte do sul desde o Deserto do Saara até à Europa e que passa naturalmente pela Península Ibérica. Além de relatos de cidades em França e na Suíça, há ocorrências deste fenómeno em resorts de montanha tanto nos Alpes como nos Pirinéus.

Nestes casos, aquilo que mais se nota é que as janelas, carros e ruas ficam cheios de uma mistura barrenta entre pó e chuva e a capa superior de neve adquire uma tonalidade acastanhada. De acordo com o “Heraldo de Aragón”, isto acontece porque a chuva não é apenas água, cada gota é constituída também por aquilo que se chama núcleo de condensação e que é formado por sais, matéria orgânica e pó em suspensão. Neste caso, é a areia do deserto que está no ar.

Este fenómeno meteorológico acontece normalmente no sul de Espanha e nas zonas mais mediterrânicas, mas não é tão normal que suba até às montanhas. Nas localidades de Aragão, por exemplo, não se via algo assim há cerca de 30 anos.

“A povoação amanheceu coberta de barro. Na estação de lavagem de carros da localidade formaram-se grandes filas de veículos à espera de vez para tirar a camada de barro”, explicava um habitante de Calanda.

As imagens são impressionantes e rapidamente se espalharam pelas redes sociais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT