Viagens

Ouvir música aos altos berros no carro já é uma infração punida com multa (mesmo parado)

Os polícias da Flórida, nos EUA, já podem mandar parar veículos que estejam a emitir som audível a mais de sete metros de distância.
Más notícias para quem gosta de gritar ao som do seu tema favorito.

Os polícias já podem passar multas a quem estiver a ouvir música com volume demasiado elevado no carro. E não é considerada uma infração não criminal punível com coima apenas durante a condução.

Se o veículo estiver bem estacionado e num lugar legal, mas se o som emitido pelo rádio for audível a mais de sete metros de distância isso configura incumprimento da lei.

A legislação entrou em vigor na sexta-feira, dia 1 de julho, e autoriza os agentes da autoridade do estado da Flórida, nos Estados Unidos da América, a passarem uma multa no valor fixo de 114 dólares, ou seja, aproximadamente 109 euros aos infratores.

A coima pode ser aplicada a todos os veículos em que é possível detetar um elevado volume de som recorrendo apenas à audição, mesmo que as batidas e as letras das músicas sejam indecifráveis.

A medida, que já pode ser aplicada, fazia parte de um projeto de lei mais amplo proposto por vários condados da Flórida que pretendia proibir as festas as pop-up não autorizadas que costumam acontecer em várias praias do estado norte-americano, como Daytona Beach.

As populações argumentam que as tais reuniões e comemorações não planeadas nem organizadas atraem multidões barulhentas que inundam as estradas das zonas envolventes com carros com a música demasiado alta.

Por serem consideradas zonas mais sensíveis ao barulho, locais que estejam na proximidade de uma escolha, igreja ou hospital, exigem que o volume seja ainda mais reduzido

A exceção à regra são os veículos usados com propósitos comerciais ou políticos, aos quais não será aplicada nenhuma sanção.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT