Viagens

Parque da Disney fecha em Xangai devido ao aumento de casos de Covid-19

A China mantém políticas bastante apertadas de controlo da pandemia. Foram detetadas 24 infeções que levaram a mais restrições.
O parque foi encerrado e não tem previsão para abrir.

Numa altura que vários países aliviam as restrições relativas aos controlo da pandemia de Covid-19, na China mantém-se com uma política de controlo apertada. Este domingo, 20 de março, foram registadas 24 infeções na cidade de Xangai o que levou a implementar um novo conjunto de restrições. Por exemplo, o parque da Disney na cidade fechou portas e, por enquanto, não há previsão de quando irá reabrir.

O Shanghai Disneyland, o Disneytown e o Wishing Star Park estão encerrados desde esta segunda-feira, 21 de março. Na cidade de Xangai foi ainda suspenso o acesso a duas zonas residenciais. Está ainda a ser realizada testagem em massa em várias áreas da metrópole chinesa.

Também o serviço de autocarros foi suspenso e os visitantes que queiram entrar na cidade têm de apresentar um teste negativo à Covid-19. Já na cidade de Shenzhen, no sul do país, foi permitida a abertura de lojas e escritórios.

O mesmo não aconteceu na província de Jilin, no nordeste da China, onde os dois milhões de residentes têm de ficar confinados em casa durante os próximos dias.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT