Viagens

Peru reabre o Caminho Inca para Machu Picchu — um dos melhores trilhos do mundo

Com 43 quilómetros, é a única caminhada que permite observar sítios arqueológicos escondidos para os visitantes.
Reabriu a 1 de março.

A cidade perdida dos Incas fica no topo de uma montanha com 2.400 metros de altitude e é um dos pontos turísticos mais visitados no Peru. Património Mundial da UNESCO e uma das Sete Maravilhas do Mundo, Machu Picchu é uma das grandes maravilhas do mundo — e um dos trilhos mais bonitos para lá chegar acabou de reabrir.

O Caminho Inca, uma rota pré-hispânica considerada um dos melhores percursos de caminhada do mundo e Património da Humanidade, reabriu na última sexta-feira, 1 de março, após a conclusão das atividades de manutenção da infraestrutura, que duraram um mês. “A partir deste 1 de março, os visitantes ao Santuário Histórico de Machu Picchu poderão acessar a Rede de Caminhos Inca”, informou o Ministério do Meio Ambiente daquele país.

“Foi um trabalho árduo em condições climáticas adversas, mas os trabalhos em todo o Caminho Inca, incluindo os monumentos arqueológicos, foram concluídos”, confirmou.

Com 43 quilómetros, a famosa rota percorre florestas e degraus de pedra que datam do século XV e faz a ligação entre a fortaleza inca de Ollantaytambo e a Porta do Sol, entrada para Machu Picchu. O percurso demora cerca de quatro dias a ser concluído e é a única caminhada que permite observar sítios arqueológicos escondidos para os visitantes.

Aproveite e carregue na galeria para ver alguns dos locais que poderá visitar na viagem ao Peru com o português João Peterson.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT