Viagens

Ponte Velha de Florença vai ser restaurada até 2026

Construída em 1345, é uma das maiores atrações turísticas da cidade e a mais antiga do continente.
Tem lojas que vendem joalharia e lembranças.

Muitos ainda a chamam de Ponte Velha e o nome não é descabido, não tivesse sido erguida no longínquo ano de 1345. A Ponte Vecchio, situada na cidade italiana de Florença, é a ponte de pedra mais antiga da Europa. Sobreviveu a uma série de inundações, incêndios e até à invasão nazi, durante a Segunda Guerra Mundial.

Agora, a famosa construção prepara-se para recuperar a antiga glória.  A cidade vai restaurar aquela que é uma das atrações mais turísticas do País nos próximos dois meses, com um investimento de cerca de 2 milhões de euros. O plano foi anunciado esta quarta-feira, 10 de abril.

“Este é um projeto histórico porque a Ponte Vecchio nunca teve uma intervenção de restauro desta complexidade”, afirmou o presidente da Câmara de Florença, Dario Nardella, aos jornalistas. “No final, teremos uma ponte ainda mais bonita do que estamos habituados a ver.”

Pela primeira vez, a estrutura — que está para Florença como o Coliseu está para Roma — vai passar por uma limpeza profunda: vão ser removidas todas as algas, musgos e ervas daninhas que ali cresceram, assim como eliminados os depósitos deixados por produtos químicos no rio.

Mas há mais: as juntas de dilatação vão ser melhoradas, a pedra vai ser reforçada e o caminho pedonal também terá melhorias. Nas últimas décadas, a ponte foi apenas alvo de uma manutenção regular e pequenas renovações que garantiam a sua estabilidade.

As obras na parte superior da estrutura vão arrancar já em outubro e novembro desde ano, enquanto os trabalhos na parte de baixo estão previstos começar no verão de 2025 e 2026. Metade dos fundos vão ser doados por uma das famílias vinícolas mais conhecidas de Itália.

“A história da nossa família esteve sempre indissociavelmente ligada a Florença desde o século XIII”, disse o presidente do grupo Marchesi Antinorini, Piero Antinori “A cidade deu-nos tanto ao longo dos séculos, e é por isso que é um prazer para nós podermos fazer parte deste importante projeto.”

A ponte pedonal atravessa o rio Arno com edifícios colorido e lojas que vendem sobretudo joelharia e lembranças da cidade. Além das casas suspensas e de uma galeria superior, que liga a Galeria Uffizi ao Palácio Pitti, a construção é ainda conhecida pela quantidade de cadeados que são colocados nela como prova de amor.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT